Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Vereadores defendem manutenção do zoológico do Parque das Hortênsias

Por Sandra Pereira | 26/02/2014

dentrotaboao

Sandra PereiraManutenção do Zoológico Parque das Hortênsias, pautou Sessão da Câmara Municipal de Taboão da Serra.

Fora as discussões políticas recorrentes nos debates da Câmara Municipal de Taboão da Serra, como a saúde, o  Akira Tada e a implantação do gramado sintético nos campos foi a defesa da manutenção do zoológico no Parque das Hortênsias que pautou a sessão desta terça-feira, 25, junto com as já recorrentes queixas conta a AES Eletropaulo. Todos os vereadores que usaram a tribuna saíram em defesa do parque e do zoológico. Defenderam adequações dos espaços físicos para melhor atender aos animais e até mesmo a aquisição de novas espécies para o zoo municipal. Todos foram unânimes ao afirmar que o parque e zoológico são patrimônios de Taboão e garantiram que o fechamento do espaço não será aceito.

O presidente da Câmara Municipal, vereador Eduardo Nóbrega chegou a dizer que defende até mesmo a aquisição de espécies de grande porte para o zoológico. Ele rechaçou a proposta de fechamento assim como ocorreu com os 13 vereadores ouvidos pelo Jornal na Net sobre o tema.

“O parque das Hortênsias é um patrimônio da nossa cidade, assim como o zoológico que está lá dentro. Nós faremos a defesa incondicional do nosso parque. É isso que o nosso povo quer. Não vamos aceitar que pessoas levianas, que desconsideram a nossa história e o carinho da cidade pelo parque venham tentar acabar com nosso zoológico. Não podemos esquecer que o Ministério Público é uma das instituições mais respeitadas do País. O TAC elaborado pelo MP assegura o bem estar dos animais e a prefeitura já assinou e está cumprindo o TAC”,  disse o vereador Ronaldo Onishi.

O vereador Marco Porta também defendeu o TAC elaborado pelo Ministério Público. Disse que o governo está empenhado em cumprir as exigências previstas no documento e afirmou que no final da reforma o Parque será o mais moderno do estado.

“Embora nos últimos tempos o parque esteja abandonado e não tenha acompanhado a evolução da legislação que determina espaços mais amplos e acabou ficando obsoleto sou contra o fechamento.  Me causa estranheza tantas mortes em um espaço de tempo curto. Sou contra os animais ficarem presos mas esses nossos não teriam como voltar à natureza”, declarou o vereador Luiz Lune Fratini.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.