Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Embu das Artes é tema de grupo de pesquisa do Programa Brasil-Alemanha

Por Prefeitura da Estância Turística de Embu das Artes | 24/02/2014

embu_1

PMETEAA proposta é que os estudantes desenvolvam projetos arquitetônicos do campus, de acordo com a realidade socioeconômica e cultural do município

No dia 20 de fevereiro, os secretários Paulo Giannini e Geraldo Juncal, de Governo e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, respectivamente, receberam um grupo de professores e estudantes da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (USP) e da Faculdade de Educação, Arquitetura e Artes da Universidade de Siegen, na Alemanha. Um dos principais objetivos do encontro foi anunciar ao governo municipal que o campus da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) será objeto de estudo do Grupo de Pesquisa em Projeto de Arquitetura de Equipamentos Públicos, coordenado pelo Prof. Dr. Alexandre Delijaicov, também presente na reunião. A proposta é que os estudantes desenvolvam projetos arquitetônicos do campus, de acordo com a realidade socioeconômica e cultural do município.

Paulo Giannini recebeu a notícia com muita alegria, se colocou à disposição dos estudantes e fez um panorama da cidade desde sua fundação até os dias de hoje. Geraldo Juncal e o seu secretário-adjunto, José Ovídio, contextualizaram dados técnicos e estatísticos sobre o município.

Pedro Arantes, pró-reitor de Planejamento da Unifesp, falou sobre a importância do convênio com a USP e também da mudança do campus de Embu das Artes, previsto, primeiramente, para o Parque da Várzea do Rio Embu-Mirim. Segundo ele, após análise do terreno, foi concluído que no parque os equipamentos poderiam ficar isolados, por terem menor contato com o centro da cidade. As restrições ambientais também contribuíram para a mudança. “Queremos dar ênfase aos cursos noturnos e à classe trabalhadora. Fomos sempre muito bem-recebidos aqui na cidade, inclusive o prefeito Chico Brito é um entusiasta do movimento e achamos o novo terreno muito interessante” – declarou Arantes.

A Unifesp Embu das Artes deverá ser construída na área localizada em frente à Prefeitura. O cronograma da obra prevê a desapropriação definitiva do espaço e lançamento de concurso para o projeto arquitetônico ainda neste ano. As obras devem começar em 2015. Vale lembrar que, mesmo com a mudança de espaço, a Unifesp pretende investir no Parque da Várzea. Em breve, será assinado um termo de compromisso para oficializar a troca do local.

Também participou da reunião o secretário-adjunto de Governo, Paulo Petronilho. O grupo visitou o terreno, conheceu ainda a arquitetura do Restaurante Popular e almoçou no local.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.