Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Projeto do Conisud trará melhorias ao transporte intermunicipal na região

Por Prefeitura da Estância Turística de Embu das Artes | 14/02/2014

dentroconisud

Comunicação PrefeituraPrefeito de Embu das Artes Chico Brito e presidente da Câmara dos Vereadores Cicero Costa, participam da reunião sobre o projeto Conisud

Após uma reunião de iniciativa dos técnicos da Câmara Técnica de Transporte e Mobilidade Urbana do “Consórcio Intermunicipal da Região Sudoeste da Grande São Paulo” (Conisud) com técnicos da “Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU)”, foi apresentado na sede da estatal na segunda-feira (10/2) o projeto que irá proporcionar diversas melhorias para os usuários do transporte coletivo da região sudoeste da Grande São Paulo.

O projeto é resultado do esforço de um grupo de trabalho que envolveu a diretoria da estatal e as secretarias das prefeituras integrantes do consórcio: Taboão da Serra, Embu das Artes, Itapecerica da Serra, Embu-Guaçu, São Lourenço da Serra, Juquitiba, Cotia e Vargem Grande Paulista.

Nesse documento foram estabelecidas integrações de linhas de ônibus (de intermunicipal para intermunicipal e de intermunicipal para municipal), adequação de itinerários e horários, união de linhas, firmação de convênios para regerem os valores das tarifas aos usuários, bilhetagem, melhor sinalização, prioridade de tráfego, melhorias dos pontos de parada e na comunicação visual, construção de terminais etc. São medidas visando o melhor atendimento à população e redução do custo das viagens - Ver pontos principais no intertítulo abaixo. Outras soluções deverão ser buscadas num período de curto, médio ou longo prazo.

O presidente da EMTU, Joaquim Lopes da Silva, também sugeriu a criação de dois corredores saindo da Vila Sônia, um ligando-se até o bairro Capão Redondo (SP) e outro se estendendo até a cidade de Embu-Guaçu.

Para o prefeito Chico Brito, presidente do Conisud, ficou claro que o que era mito foi desmistificado: “Disseram por aí que a integração entre prefeituras e a cooperação mútua entre elas seria impossível, mas hoje provamos aqui que estavam equivocados, pois conseguimos elaborar, em conjunto, uma proposta em comum para beneficiar a população”.

Em geral, os prefeitos e as autoridades presentes se mostraram bastantes satisfeitos com o projeto: Clodoaldo Leite (Embu-Guaçu), Chuvisco (Itapecerica da Serra), vice-prefeito Moisés Cabrera (Cotia), representantes de São Lourenço da Serra, além da diretoria da EMTU. 

Com a anuência técnica do Conisud, as implantações deverão receber autorização da Secretaria Municipal de Transportes para posterior implantação.

Mas antes, esse documento deverá ser apresentado à população em Audiência Pública para mostrar os avanços e o que está em diálogo nesse tema. 

Principais pontos do projeto

Prioridade de tráfego - foram citados vários pontos, como os trechos entre Shopping Taboão-Morato, Itapecerica-Capão Redondo, Cotia- Raposo etc. 

Restrição na av. Francisco Morato - algumas linhas que saíam de Embu das Artes e Taboão da Serra e passavam pela av. Francisco Morato, em São Paulo, sofreram restrição da Prefeitura local no ano passado. Pelo estudo do grupo, a ideia é que os ônibus voltem a trafegar pela Morato até a altura da rua Três Poderes, e posteriormente, continuem pela av. Eliseu de Almeida até o metrô Butantã, onde os passageiros poderão contar com um transporte gratuito (shuttle) até o metrô Clínicas. 

Cartão Bom - proposta é aumentar postos de recarga do Cartão Bom na região.

Pontos de parada - reavaliar a distância e executar pintura e demarcação dos pontos de parada. Além disso, foi anunciada a instalação de 115 abrigos de paradas, que deverão aguardar a licitação para a execução. 

Terminais - outra possibilidade discutida no plano é criação de infraestrutura de apoio em pontos estratégicos, a construção de 19 mini-terminais e de 4 pró-polos em pontos na região. Pró-polos são núcleos estruturados para a circulação, embarque e desembarque de passageiros com segurança, boa estrutura física e acessibilidade. Os recursos deverão ser provenientes do orçamento do Governo do Estado, o que deverá ser requerido junto à Casa Civil estadual.

Caucaia do Alto - uma intervenção junto à concessionária que atende os moradores de Caucaia deverá ocorrer para reduzir a tarifa de R$ 3,45 para R$ 2,60. O distrito hoje sofre com o fato do transporte coletivo ter que passar dentro de Vargem Grande Paulista para chegar à Cotia, cidade a qual pertence, o que encarece a tarifa para os trabalhadores.

Integrações - Jd. Pinheirinho: bairro é considerado estratégico para a EMTU, pois de lá seria possível fazer a integração para a cidade de Cotia e com o bairro paulistano de Pinheiros. Foi indicado também uma melhoria na sinalização num cruzamento perto do local, considerado de alto risco. Valo Velho (SP): seria outro ponto importante para a integração dos usuários dos municípios de Juquitiba, São Lourenço da Serra e Embu-Guaçu, que de lá se integrariam com destino ao metrô Capão Redondo. Para essas integrações, será necessária a implantação da estrutura física para a operação. 

Comunicação - a EMTU pediu às Prefeituras a comunicação imediata das alterações viárias para a atualização constante no site da entidade.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.