Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Fechada por 4 anos rua do Jd. Leme será reaberta após obra em córrego

Por Sandra Pereira | 14/02/2014

leme

Sandra PereiraA instalação das placas de contenção no córrego já está sendo finalizada

Já faz quase quatro anos que a  rua Luis Santos Silva, localizada no jardim Leme, em Taboão da Serra está fechada para o tráfego de veículos após uma chuva forte ter derrubado parte do muro de proteção que margeia o córrego Pirajuçara.  Durante esse período os moradores ficaram da pequena rua, situada na margem do córrego ficaram impedidos de entrar em suas residências com seus veículos. Também viram surgir rachaduras e outros problemas em suas casas.

A solução para os transtornos enfrentados na rua situada bem perto do limite com os municípios de São Paulo e Embu das Artes está sendo viabilizada após mais um desabamento durante a última cheia do córrego Pirajuçara em 22 de janeiro. 

O local onde foi registrado os desabamentos na margem do córrego vai receber placas de contenção. Além disso, o desassoreamento de parte do leito deverá ser executado pelo DAEE. As obras devem garantir a reabertura da rua fechada há quase  4 anos.

“Essa rua ficou anos abandonada. Quando teve o primeiro desabamento a prefeitura veio aqui e interditou. Depois de tanto tempo com a rua fechada a gente pensou que nunca mais ia abrir”, comenta a moradora de uma das casas.

  “Essa obra era emergencial e de extrema importância para os moradores uma vez que a chuva levou parte da rua e o muro de contenção”, comentou o prefeito Fernando Fernandes.

O secretário de Obras, Rogerio Balzano, explicou que, “além do muro de contenção a prefeitura vai refazer a rua, as guias e sarjetas nos 68 metros que compõem o trecho atingido pelas chuvas. Vale lembrar que essa é uma obra feita com verba municipal”.  

Para o vereador Carlinhos do Leme, “os moradores estavam sofrendo muito uma vez que a rua precisou ficar interditada e não tinha previsão para o início das obras. O desmoronamento de parte do leito estava colocando em risco a vida de muitas pessoas. Essa era uma obra primordial para o Jardim Leme”.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.