Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Moradora de Itapecerica flagra funcionário lavando a calçada da Sabesp

Por Ane Greice Passos | 13/02/2014

sabespdentro1302

Foto facebook Nanda AndradeMoradora de Itapecerica da Serra tira foto de funcionário da Sabesp lavando a calçada.

Com propagandas constantes pedindo a economia e o consumo consciente de água, evitando banhos longos, torneiras abertas e uso de mangueira para varrer o quintal, um funcionário da Sabesp foi flagrado, por uma moradora de Itapecerica da Serra, lavando a calçada da sede da distribuidora na cidade. Em uma postagem no facebook a munícipe se diz indignada com a imagem que presenciou na tarde desta quinta-feira, 13.

A frase deste verão é “economia de água”. Com a falta de chuvas na região metropolitana de São Paulo e o intenso calor, a Sabesp está com uma intensa campanha para diminuir o consumo e evitar o racionamento. Mas o que uma moradora de Itapecerica, Fernanda Andrade, presenciou não coincidiu com a campanha. Um funcionário da empresa estava lavando a calçada, por vários minutos, desperdiçando assim litros de água.

A foto foi divulgada na página do facebook de Nanda Andrade (Fernanda Andrade) e teve várias curtidas e compartilhamentos. Em seu comentário a moradora, destacou a divergência da foto com a situação atual de falta de água.

“Alguém avisa o povo da Sabesp de Itapecerica que temos que economizar água! Porque os funcionários da Sabesp não devem saber que estamos há dias sem chuva, que estamos à beira de um racionamento por conta disso. Afinal a Sabesp é responsável pelo fornecimento de que mesmo? De energia elétrica é que não é” (sic), post da moradora em sua página do facebook.

fotorepresinhadentro

Foto tirada na Estrada da Represinha, por Ferh Ranoh, mostrando a situação do vazamento.


Após essa postagem Nanda compartilhou uma outra imagem de desperdício. Na Estrada da Represinha, Jardim Sampaio, um cano localizado no meio da rua estava jorrando água há dois dias. Os moradores entraram em contato várias vezes com a Sabesp, solicitando reparos na tubulação, mas o problema só foi resolvido após uma senhora ligar para a ouvidoria da distribuidora.

Por volta de 17h desta quinta-feira, 13, o abastecimento foi cortado e um carro da empresa chegou ao local para corrigir o dano. De acordo com um funcionário da Sabesp o problema foi ocasionado devido a danificação de um cano. O conserto foi realizado no começo da noite.

Outro bairro que reclamou de vazamentos foi o Jardim Nissalves. De acordo com Isabel Gomes, moradora do bairro, um cano está transbordando água pela rua Zoraide Eva das Dores, há 8 dias, e a Sabesp ainda não resolveu a situação do local. 


“O cheiro desta água é forte e o local é caminho de escola, as crianças colocam seus pezinhos ali, e se pegarem uma contaminação?”, questionou em rede social. O Nissalves é bairro vizinho ao Jardim Virgínia, que ficou por 20 dias receber água na rua Rua Faria Lemos. (veja)

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.