Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Prefeito de Taboão diz que vai exigir volta do cobrador ou bilhetagem eletrônica

Por Sandra Pereira | 11/02/2014

FF

Arquivo do Jornal na NetPrefeito vai colocar esse assunto em pauta quando a cidade for fazer nova contratação para a exploração do transporte público

Implantar a bilhetagem eletrônica ou determinar a volta dos cobradores nas linhas circulares. Esse será o ultimato que o prefeito Fernando Fernandes pretende dar à empresa Viação Pirajuçara, detentora da licitação do transporte público em Taboão da Serra no momento em que o município for fazer nova licitação do transporte público. O tema voltou a pauta do transporte municipal após o acidente ocorrido na última semana. Leia mais aqui e aqui.

“Sou totalmente contra o motorista cobrar a passagem de ônibus. Ou se implanta a bilhetagem eletrônica ou se volta com o cobrador. É lógico que colocaremos essa condição na mesa na hora de discutir a licitação”, revelou o prefeito Fernando Fernandes.  

Ele garante que não dará a empresa outra opção que não seja a retirada da responsabilidade do motorista ter que cobrar as passagens nas linhas municipais. Com frequência constante os usuários do transporte municipal reclamam que a atuação do motorista em dupla função põe em risco a segurança dos passageiros.  

Há dois anos a reportagem do Jornal na Net revelou que motoristas das linhas circulares de Taboão da Serra recebem R$250,00 para acumular a função de cobrador. A categoria considera o valor baixo, mas alega que em razão da defasagem salarial a quantia ajuda nas despesas e por esse motivo vários deles acabam concordando com a dupla jornada. Lembre aqui.

O contrato entre a municipalidade e a empresa Viação Pirajuçara está para vencer. Durante o processo de renovação a administração terá uma oportunidade ímpar para corrigir eventuais falhas e implantar novas metas que visem a garantia da qualidade do transporte público.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.