Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Secretaria de Trânsito de Embu vistoria transportes escolares do município

Por Ane Greice Passos | 27/01/2014

TRANSPORTE_ESCOLARdentro

Imagens googleDicas de como escolher o melhor transporte escolar para o seu filho

A Secretário de Trânsito e Transportes da Cidade de Embu das Artes vistoriou no último sábado, 25, pelo menos 400 veículos que realizam o transporte escolar na cidade. A ação ocorreu no Parque Francisco Rizzo e teve a intenção de acompanhar a situação de segurança e qualidade dos carros. 

O secretário Francisco Carlos Pereira falou com o Jornal na Net sobre a melhor forma de escolher o transporte escolar que irá levar o seu filho. Veja 10 dicas:

01- O veículo deve ter um selo colado no para-brisa que garante que passou pela vistoria e está com os equipamentos obrigatórios em dia.

02-Checar a documentação da empresa, do carro e do motorista.

03-O condutor deve ter habilitação adequada e curso para condução escolar.

04-O uso da cadeirinha não é obrigatória, mas vale a pena negociar e usar sua própria.

05- A presença de um monitor não é obrigatório, mas é preferível que exista alguém que auxilie as crianças no embarque e desembarque.

06-Ficar atento a capacidade de transporte do carro deve ser respeitada e todos devem usar o cinto de segurança.

07- É importante assinar um contrato de prestação de serviços ele é a garantia dos direitos e deveres dos pais e da empresa.

08-Deixar claro, de preferência no contrato, locais e horários onde a criança deverá ser buscada e deixada.

09-Procure checar como é feito o embarque e desembarque das crianças na escola, onde o transporte fica parado, quem acompanha as crianças.

10-Ouça sempre o que seu filho tem a dizer, converse sobre o que acontece dentro do transporte, ele poderá alertar de alguma irregularidade.


Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.