Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Destruição, lamentos e protestos: o dia seguinte à enchente que devastou a região

Por Sandra Pereira | 24/01/2014

Bar_do_Roque

Luan AraujoTradicional na região do Clementino Bar do Roque ficou alagado

“Sabe como é deixar a casa de um jeito para trabalhar e voltar com ela toda revirada de ponta cabeça? Então, isso resume o que senti quando cheguei.” O relato de Alípio Guimarães, morador da Rua dos Milagres, no Campo Limpo, ao lado da ponte que divide São Paulo e Taboão da Serra, resume bem o sentimento dos moradores da região, após a enchente que da última quarta (22), que afetou diversos bairros de Taboão da Serra e Embu das Artes, além do bairro do Campo Limpo, na capital paulista. O rastro de destruição na divisa entre o Jardim Clementino e a capital era visível nesta quinta. E todos tinham medo que a chuva trouxesse ainda mais destruição. 

A mãe de Alípio, Gildália Guimarães, conta que não teve muito tempo para salvar muitos bens durante a chuva. “Basicamente, só consegui pegar o dinheiro com as despesas do mês. Sofá, colchões, até os alimentos dentro da geladeira, todos foram tomados por água.” 

Um dos locais mais devastados pelo transbordamento do Córrego Pirajussara foi a casa do norte localizada na rua Nicolau Gentili, no Jardim Clementino, de propriedade de  Roque Pazzini. Sua namorada, Carla Araujo, relatou o dia seguinte do companheiro. “O Roque está correndo para lá e para cá em busca de ajuda e para reparar o prejuízo. Nem deu tempo dele sentar e contabilizar todo o prejuízo com a cabeça fria”, disse. 

Amigo de Roque, Alípio ajudou o dono do estabelecimento até às 3h da manhã desta quinta e destacou que a prefeitura do taboanense ajudou a limpar o local, enquanto o governo paulistano demorou a chegar “de madrugada, o bar e a rua já estavam menos devastados, enquanto no lado onde eu moro, na capital, a prefeitura só chegou pela manhã para tentar limpar as ruas. 

Enquanto uns contavam os prejuízos de mais uma enchente no vasto histórico de ocorrências do tipo na região, outros foram às principais avenidas dos bairros atingidos para protestar. “Enquanto não aparecer algum político de São Paulo, Taboão, ou qualquer outro lugar, vamos protestar”, disse Luciana Almeida, que estava ajudando parentes que moram no Jardim Clementino a arrumarem o que restou de suas casas. 

O protesto na av. Carlos Lacerda, no Campo Limpo, foi intenso, com fechamento da via com queima de colchões e presença de diversos movimentos sociais, como membros do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST). Com nenhum membro da prefeitura de São Paulo presente no local, os moradores prometeram mais protestos na tarde desta sexta-feira.


23/05/2018

Governo faz reunião para discutir greve de caminhoneiros

O governo convocou para hoje (23), às 14h, uma reunião para discutir a paralisação dos...

11/05/2018

Após 6 meses de vigência, reforma trabalhista espera regulamentação

Meio ano após a implantação da reforma trabalhista, os resultados das mudanças ainda não são...

11/05/2018

Centro de Formação Continuada de Embu capacita 50 novos Guardas Civis

No dia 06 de Abril o Prefeito Ney Santos inaugurou as instalações do CEFECON (Centro de Formação...

11/05/2018

Em comemoração ao Dia das Mães Bom prato terá cardápio especial nesta sexta

Para comemorar o Dia das Mães que será celebrado no domingo, 13, as unidades do Bom Prato terão...

09/05/2018

Preço da cesta básica diminui em 16 capitais em abril, diz Diesse

A cesta básica diminui em 16 capitais no mês de abril, segundo dados da Pesquisa Nacional da...

08/05/2018

Vereadores e prefeito entregam título de Cidadão Taboanense ao padre Weliton

A presidente da Câmara de Taboão da Serra, Joice Silva e os vereadores Cido da Yafarma, Dr....

08/05/2018

INSS pode cancelar benefícios de mais de 118 mil segurados

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) havia convocado 152.269 brasileiros para agendar...

08/05/2018

Banda DEMARTE e TV DOC Capão fecham parceria em gravação de programa

Uma parceria entre a banda DEMARTE e a TV Doc Capão cria o programa DOC SHOW, um programa de...

06/05/2018

Itapecerica da Serra comemora 141 anos de sua emancipação

O município de Itapecerica da Serra completa no próximo dia 8 de maio, o 141º ano de sua...

23/05/2018

Caminhoneiros voltam a fechar BR em Embu das Artes contra preço do diesel

Pelo terceiro dia seguido, caminhoneiros protestam contra a alta no preço do diesel e bloqueiam...

23/05/2018

Johnatan Noventa aprova projeto para sinalizar locais com acidentes frequentes

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram por unanimidade, na sessão desta terça-feira, 22, o...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.