Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Protesto do MTST reúne milhares de pessoas em Taboão da Serra

Por Ane Greice Passos | 22/01/2014

materiamtstdentro_1

Facebook MTSTMTST reúne milhares de pessoas em passeata pelas ruas de São Paulo. Caminhada começou no Largo do Taboão da Serra

Cerca de três mil integrantes do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) se reuniram na manhã desta quarta-feira, 22, no largo do Taboão, iniciando uma passeata com destino ao Palácio dos Bandeirantes, no Morumbi. O objetivo do protesto é para exigir mais moradias e programas sociais no Estado de São Paulo. Devido ao movimento o trânsito na cidade ficou congestionado.

Segundo estimativa do MTST, aproximadamente 11 mil pessoas seguiram em caminhada até o Palácio dos Bandeirantes. O protesto começou ás 8h, os manifestantes de Taboão da Serra seguiram sentido Francisco Morato e a frente que encontrava-se no Terminal João Dias, seguiram sentido Giovane Gronchi. O ponto de encontro dos dois grupos foi o Estádio do Morumbi.

Dez representantes das ocupações organizadas pelo MTST foram recebidos pelo governador do estado de São Paulo Geraldo Alckmin para apresentar a pauta de reivindicação. Na página do facebook do movimento, os organizadores postaram fotos e informações sobre o andamento da manifestação e reuniam com o governador.

“Além das pautas das ocupações, também estará sendo apresentadas ao governador problemas como falta de água no município de Embu das Artes e sobre os prazos para a construção do metrô do Jardim Ângela”, post da fan page facebook.com/mtstbrasil.

O Movimento dos Trabalhadores sem Teto pedem o aumento do aporte estadual para moradias no Programa MCMV; desapropriação de novos terrenos para habitação na região metropolitana de São Paulo; auxílio moradia para famílias em situação de vulnerabilidade social e apoio técnico em projetos habitacionais organizados pelo movimento. Todo o trajeto do protesto foi pacifico e não houve informações de nenhum tipo de violência

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.