Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Polícia de Taboão prende traficantes e acusado matar policial na Praia Grande

Por Redação | 21/01/2014

droga1

Rafael RezendeCom os acusados foi apreendida grande quantidade de drogas, sendo 2 mil pinos de cocaína, pedras e crack pasta para o preparo da cocaína

Uma investigação conjunta da  Polícia Civil de Taboão da Serra e da Praia Grande resultou na prisão de três homens acusados de tráfico de drogas, sendo um deles suspeito de matar um policial num assalto. Os acusados foram presos no Jardim Freitas Júnior em Taboão, na tarde desta terça-feira, 21. Com eles foram encontrados 2 mil pinos de cocaína, dezenas de pedras de crack, e várias embalagens de pinos vazios para embalar a droga. Também foi encontrado com os homens pasta base de cocaína, balança de precisão e um caderno com anotações da venda dos entorpecentes. Um dos presos foi identificado como "Índio", acusado de assassinar um PM morto durante um latrocínio (roubo seguido de morte)na cidade de Praia Grande.

O assassinato do policial aconteceu há quase um mês. Desde então Índio vinha sendo procurado pela polícia da Praia Grande. Os outros dois acusados serão investigados para saber se têm envolvimento no assassinato do PM.

Índio foi reconhecido por uma policial militar que estava no veículo do PM morto durante o assalto na Praia Grande. Segundo os policiais da delegacia de Taboão da Serra o trio estava foragido de Praia Grande por causa do assalto e se refugiou em uma residência na Rua Antônio Teixeira Lima, no Jardim Freitas Júnior, onde aconteceu a prisão. 

Os acusados foram presos em flagrante por tráfico de drogas, eles serão transferidos para o CDP de Itapecerica da Serra. A polícia não soube informar se Índio irá para o CDP ou será transferido para Praia Grande.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.