Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Meio Ambiente

Destino da leoa do Parque das Hortênsias ainda é incerto

Por Sandra Pereira | 19/01/2014

leoa

Sandra Pereira Leoa está sozinha na jaula desde que o companheiro morreu em novembro

É incerto o futuro da leoa Helga, única felina de grande porte que ainda mora no Parque das Hortênsias, em Taboão da Serra. A ida dela para um santuário de Jundiaí, proposta por ativistas e ambientalistas de Taboão e região depende de autorização do Departamento de Fauna do Governo do Estado (DeFau). O órgão não tem data para se posicionar sobre o caso. Enquanto isso Helga permanece sozinha na jaula que dividiu até novembro do ano passado com o leão Zulu. 

De acordo com o secretário de Cultura Laércio Lopes essa semana um novo grupo de ativistas deverá visitar o parque das Hortênsias e visitar a leoa. Ele disse que a prefeitura, os ativistas e até o Ministério Público concordam com a transferência de Helga para um santuário. Entretanto, lembrou que isso só poderá ocorrer a partir da liberação do DeFau. 

Laércio Lopes conta que o Departamento de Fauna do Governo do Estado também irá acompanhar as obras de revitalização do Parque das Hortênsias. Segundo ele o cronograma já foi órgão. 

“Talvez seja preciso fazer algumas adequações ao projeto para atender a instrução normativa 169/08 do IBAMA”, disse o secretário. 

O secretário afirma que pessoalmente concorda com a transferência de Helga para um santuário. Ele diz que a leoa é bem tratada no parque, mas afirma que após conversar com os ativistas ficou convencido de que essa alternativa seria a melhor para o animal. 

“Concordo com a posição dos ativistas. Mas não poderemos tomar decisão nenhuma sem a autorização do DeFau”, finaliza.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.