Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Menino que morreu ao cair do 11° andar em Taboão pode ter subido na janela

Por Ane Greice Passos | 15/01/2014

rafeal

Rafael RezendeMenino pode ter caído ao subir na janela, caso ainda esta sendo investigado pelo Departamento de Polícia de Taboão da Serra.

Murilo Martins de Oliveira, de 6 anos, que morreu no último sábado, 11, ao cair do 11° andar de um prédio em Taboão da Serra, pode ter se acidentado ao subir na janela do apartamento. Segundo o delegado Gilson Leite, que está cuidando do caso, as informações são preliminares e não existe ainda uma definição do responsável pela tragédia.

Mãe e tia da criança seguem internadas em estado de choque, o delegado Leite falou em entrevista para o R7 que o caso esta sendo investigado, para assim definir a culpa pela morte de Murilo. 

“Em princípio é prematuro falar em homicídio. Pode ter acontecido por culpa, ou seja, seria homicídio culposo, pode ter acontecido homicídio por dolo eventual (não queria que acontecesse, mas com ação dela contribuiu para que acontecesse), então temos que verificar isso com cautela”, disse para o portal R7.

Murilo estava aos cuidados da tia quando tudo aconteceu. De acordo com a mulher ela deixou o menino dormindo para levar o marido ao trabalho e quando retornou viu o acidente. Segundo informações preliminares não existe evidências de arrombamento no apartamento. (veja)

A polícia está investigando câmeras de segurança do prédio e proximidades, a fim de ter certeza de como aconteceu à queda. 

“O motivo é que a pessoa deveria permanecer no local e largou a criança sozinha, se ausentou durante um período grande de tempo grande para acompanhar o marido, segundo consta. Então, o dolo eventual estaria nessa circunstância por ter deixado sozinha”, concluiu o delegado Gilson Leite ao R7.

Informações retiradas do site R7.com

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.