Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Câmara de Taboão rejeita contas de 2010 de Evilásio Farias e Márcia Regina

Por Sandra Pereira | 11/12/2013

sessao

Vera LimaRejeição se deu por 8 votos contra dois e a ausência de três vereadores 

Quando a sessão desta terça-feira, 10, começou já era dada como certa a rejeição das contas de 2010 do ex-prefeito Evilásio Farias e da ex vice-prefeita de Taboão da Serra, Márcia Regina. Ela ocupou a prefeitura da cidade durante 19 dias em 2010 e foi penalizada junto com Evilásio com a rejeição das contas. Nenhum representante legal de ambos acompanhou a sessão que rejeitou as contas por oito votos contra dois. Márcia Regina apresentou defesa à câmara em mais de 300 páginas, segundo o vereador Moreira. Evilásio Farias ignorou a votação. Não fez defesa prévia e nem enviou representante a Casa. A decisão deixa ambos inelegíveis. Os vereadores disseram que a ex vice-prefeita deve recorrer ao Judiciário pra reverter a decisão. 

Um verdadeiro calhamaço de documentos empilhados numa mesa no centro do plenário indicava que a sessão seria longa já que a pauta em questão era extensa. A ausência dos vereadores Marcos Paulo, Luzia Aprígio e Ronaldo Onishi também era indicativo da “anormalidade” da sessão. O presidente da câmara justificou no plenário na ausência de Onishi motivada por problemas de saúde. Passava das 21 horas quando Eduardo Nóbrega anunciou a prorrogação da sessão por 4 horas.

Na tribuna o vereador professor Moreira afirmou que o Tribunal de Contas errou ao julgar as contas em conjunto do prefeito e da vice. Segundo ele o correto seria a avaliação separada. Moreira usou a Constituição Federal para pedir que os vereadores derrubassem o parecer do tribunal. O vereador se esforçou ao máximo para impedir a rejeição de contas de Márcia Regina, mas o esforço dele foi em vão.

“Não tem como ignorar o parecer ilegal do Tribunal de Contas. A professora Márcia Regina não pode ter a mesma punição que o Evilásio Farias. Ela esteve no cargo por apenas 19 dias. Jamais poderia ser responsabilizada por eventuais erros. Não dá pra julgar os desiguais de forma igual”, declarou Moreira.

O relator das contas na câmara, o vereador Cido da Yafarma, defendeu a rejeição das contas com base nos apontamentos feitos pelo Tribunal de Contas. Disse que a quantidade de irregularidades na prestação de contas da administração em 2010 chega a ser vergonhosa.

 “A Casa não vai separar os processos. Infelizmente a professora Márcia vai ter que cumprir a máxima bíblica: diga-me com quem andas que eu te direi quem és. Foi andar com o Evilásio: olha ai”, afirmou o presidente da câmara, vereador Eduardo Nóbrega.

Ele disse que tentou entender porque o Tribunal não fez a separação entre as contas do prefeito Evilásio e da vice-prefeita, mas afirmou não ter encontrado tais elementos.

“Não encontro os autos nenhuma prova cabal de que a Márcia tenha cometido alguma irregularidade. Mas devo votar de maneira global e é impossível não votar pela rejeição das contas. O Tribunal não nos deixa margem pra fazer a discussão política do fato. Não tem como não votar pela rejeição das contas” observou.

Para garantir o direito a ampla defesa do ex-prefeito Evilásio Farias e da vice Márcia Regina a câmara nomeou o dr. Augusto, procurador da Casa como defensor de ambos. Utilizando a tribuna da Casa o procurador alegou que o ex-prefeito cumpriu todos os limites legais previstos pela Lei de Responsabilidade Fiscal, especial nas áreas de saúde, educação e pessoal. Citou que o parecer do Tribunal fere o princípio da isonomia uma vez que trata os desiguais de forma igual.

“Se o Evilásio não deveria ter sido condenado a Márcia então seria menos ainda. Ela não é citada em nenhuma parte do acórdão. O Tribunal fala do processo do IPTU. No fórum ninguém foi condenado porém o ex-prefeito que nem é réu no processo já foi condenado pelo Tribunal de Contas”, defendeu. 




21/10/2017

Comissão de Segurança Pública debate uso de câmeras de vigilância em Taboão

A Comissão de Segurança Pública da Câmara Municipal de Taboão da Serra realizou na última...

18/10/2017

Taboão teve sessão histórica para as mulheres e com aprovação de leis

O grito silencioso das mulheres vítimas de violência ecoou com força e fez da sessão desta...

17/10/2017

Reforma eleitoral abre espaço para propaganda paga em sites

A reforma eleitoral, aprovada no Congresso Nacional e sancionada recentemente pelo presidente...

15/10/2017

Ney Santos fará reforma no governo de Embu, João Ramos deixará prefeitura

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos (PRB) vai anunciar nos próximos dias uma reforma...

13/10/2017

Câmara Municipal aprova reajuste de abono para servidores

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram na última terça-feira, dia 10, por unanimidade, um...

11/10/2017

Convenção realizada no domingo elegeu novo diretório do PSDB de Itapecerica

O diretório municipal do PSDB de Itapecerica da Serra realizou, no último domingo (8 de...

11/10/2017

STF deve decidir hoje se Congresso pode rever medidas contra parlamentares

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve decidir hoje (11) se parlamentares podem ser afastados do...

11/10/2017

Analice intercede por liberação de recursos para Embu das Artes

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos e a deputada estadual Analice Fernandes participaram de...

10/10/2017

Ney Santos lança Cartão Cidadão prometendo economia de recursos públicos

Anunciado como a maior ferramenta de gestão tecnológica de dados de toda a região, o Cartão...

21/10/2017

Eduardo Nóbrega diz que ETEC será “divisor de águas” em Taboão

A expectativa com a inauguração da Escola Técnica (ETEC), ao lado da prefeitura vem aumentando a...

21/10/2017

Comissão de Segurança Pública debate uso de câmeras de vigilância em Taboão

A Comissão de Segurança Pública da Câmara Municipal de Taboão da Serra realizou na última...

20/10/2017

Brasil é vice-campeão em mundial de profissões técnicas com 7 medalhas de ouro

Quando o assunto é desempenho de profissões técnicas, é o Brasil quem ganha de diversos países...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.