Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Prefeito de Juquitiba se prepara para recorrer da cassação do mandato no TSE

Por Sandra Pereira | 3/12/2013

francisco450

Arquivo do Jornal na NetPrefeito diz que campanha cometeu erro de contabilidade, mas nega abuso de poder econômico

O prefeito de Juquitiba, Francisco Júnior Araújo Melo (PPS),  aguarda a publicação da decisão  do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP),  que manteve a cassação do seu mandato e do vice, Roberto de Oliveira (PV) por 3 x 2, além de tornar ambos inelegíveis por oito anos, para recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Francisco Júnior contou que recebeu a confirmação da cassação com surpresa. A ação que pede a cassação do registro de candidatura do prefeito e do vice foi movida pela ex-prefeita Cida Maschio. Caso a decisão seja mantida Cida Maschio deverá retornar ao cargo nos próximos dias.

Ele garantiu ao Jornal na Net não ter praticado abuso de poder econômico e alega ter sido vítima de um erro de contabilidade durante a prestação de contas da sua campanha. O prefeito afirmou que venceu a eleição nas urnas, graças ao apoio popular, e, agora a oposição tenta tirá-lo do cargo no tapetão.

“Dizem que Deus faz Justiça e os homens cumprem regras. Nós vencemos a eleição no voto. Tivemos um erro de contabilidade e a oposição agora utiliza isso para nos tirar nosso mandato no tapetão”, afirmou o prefeito.

A disputa eleitoral em Juquitiba foi bastante acirrada. Três candidaturas majoritárias disputaram voto a voto a preferência dos eleitores e Francisco Júnior venceu a batalha com 35,26% dos votos válidos da cidade.

Juquitiba tem 22.436 eleitores aptos e fica a 70 km da capital do Estado. Francisco Júnior e o vice foram eleitos no município com 5.988 votos (35,26% dos votos válidos).

A corte do TRE paulista confirmou a condenação de Francisco Júnior e seu vice pelo juízo da 201ª Zona Eleitoral - Itapecerica da Serra, que rejeitava a prestação de contas devido a diversas irregularidades na campanha de 2012: recebimento de doação de faixas e cartazes por empresa cuja atividade econômica não abrange a natureza do material doado, arrecadação de R$ 14 mil anteriormente à data de abertura da conta de campanha, doação de mais de R$ 5 mil em combustíveis e lubrificantes automotivos sem detalhamento sobre o ato, entre outras.

O acórdão deverá ser publicado em 10 dias e o juízo eleitoral será comunicado para as providências competentes.

18/10/2017

Taboão teve sessão histórica para as mulheres e com aprovação de leis

O grito silencioso das mulheres vítimas de violência ecoou com força e fez da sessão desta...

17/10/2017

Reforma eleitoral abre espaço para propaganda paga em sites

A reforma eleitoral, aprovada no Congresso Nacional e sancionada recentemente pelo presidente...

15/10/2017

Ney Santos fará reforma no governo de Embu, João Ramos deixará prefeitura

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos (PRB) vai anunciar nos próximos dias uma reforma...

13/10/2017

Câmara Municipal aprova reajuste de abono para servidores

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram na última terça-feira, dia 10, por unanimidade, um...

11/10/2017

Convenção realizada no domingo elegeu novo diretório do PSDB de Itapecerica

O diretório municipal do PSDB de Itapecerica da Serra realizou, no último domingo (8 de...

11/10/2017

STF deve decidir hoje se Congresso pode rever medidas contra parlamentares

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve decidir hoje (11) se parlamentares podem ser afastados do...

11/10/2017

Analice intercede por liberação de recursos para Embu das Artes

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos e a deputada estadual Analice Fernandes participaram de...

10/10/2017

Ney Santos lança Cartão Cidadão prometendo economia de recursos públicos

Anunciado como a maior ferramenta de gestão tecnológica de dados de toda a região, o Cartão...

10/10/2017

Parecer do relator de denúncia contra Temer deve ser lido nesta terça

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.