Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Taboão adere campanha de conscientização no Dia Mundial de Combate a Aids

Por Anderson Dias | 1/12/2013

saude

DivulgaçãoA AIDS é uma doença que ataca o sistema imunológico do homem, permitindo que seu organismo fique fragilizado, podendo ser contaminado com o vírus de várias outras doenças

O primeiro dia do mês chega com uma data que é um marco de extrema importância para um alerta que serve para toda a população. Em todo o mundo o dia 1° de dezembro, é destaque desde a década de 80, porque a data comemora o Dia Mundial de Luta Contra a Aids. De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), com balanço feito em 2007, ao redor do mundo 33 milhões de pessoas tinham o vírus de HIV.

 Taboão da Serra também faz parte do calendário que une forças para a conscientização sobre a doença, na última semana o município deu início a campanha, com cartazes e faixas espalhados na cidade, e em frente a secretaria da saúde. No Brasil, a data a ser adotada, a partir de 1998, através de uma portaria da assinada pelo Ministério da Saúde. A data é um alerta para reforçar a solidariedade e a compreensão com as pessoas infectadas pelo HIV/aids.

 A AIDS é uma doença que ataca o sistema imunológico do homem, permitindo que seu organismo fique fragilizado, podendo ser contaminado com o vírus de várias outras doenças.O vírus responsável pela doença é o HIV (vírus humano da imunodeficiência), fazendo da AIDS a quarta doença que mais causa morte no mundo.

 As formas de contágio são através de uso compartilhado de seringas, alicates de unha, instrumentos não esterilizados que furam e cortam, gravidez de mulheres infectadas e, principalmente, relações sexuais.O tratamento da doença é feito através de um coquetel de drogas, descoberto em 1995. Porém a medicação, por ser muito forte, causa efeitos colaterais como a diminuição das disfunções renais e do fígado.

 O símbolo da campanha é um laço vermelho, que significa solidariedade e comprometimento na luta contra a aids, e foi escolhido por causa da ligação ao sangue a ideia de paixão, e foi inspirado no laço amarelo que honrava os soldados americanos da Guerra do Golfo. O projeto do laço foi criado, em 1991, por um grupo de profissionais de arte visual, de New York, que queriam prestar homenagens a amigos e colegas que estavam com a doença.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.