Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Construção de passarelas podem evitar acidentes na BR-116

Por | 27/05/2010

passarela_1.jpg

Construção de passarelas pode evitar acidentes na BR-116

Os acidentes com vítimas fatais são freqüentes na Régis Bittencourt nos municípios de Embu das Artes, Itapecerica da Serra e Taboão. Dados que foram coletados pela Autopista entre o período de 01/01/2010 a 17/05, entre o km 269+900 (Taboão da Serra) até o 285+900 (Embu das Artes), foram constatados 24 atropelamentos com 5 mortes de vítimas atropeladas e duas mortes de condutores.

É um dado alarmante, pois muitos destes acidentes acontecem por não existir nenhuma passarela no local, ou em algumas vezes por imprudência do pedestre.
 
A Autopista informou que duas novas passarelas foram construídas no município de Embu das Artes no ano passado (km 277 e km 275). E segundo eles, às passarelas a serem implantadas, começaram no final de abril as obras de fundação da passarela do km 293+600m (Itapecerica da Serra), com conclusão prevista para final de julho de 2010.

“Para a região, estão previstas mais uma passarela para Itapecerica da Serra (km 290) e duas passarelas em São Lourenço da Serra (km 303 e km 312+900m), a serem implantadas até o final deste semestre”.
 
A assessoria de imprensa da Autopista informou a Reportagem do Jornal na Net que estão previstas para este ano 4 campanhas do Projeto Passarela Viva, realizado pela Autopista Régis Bittencourt, com o intuito de conscientizar a população sobre a correta utilização das passarelas e marginais das rodovias como forma de segurança para todos. “Ainda neste primeiro semestre, será realizada uma primeira campanha para a região de Taboão da Serra e Embu”, afirmou.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.