Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cultura

Parque da Represinha é o local escolhido para passear neste feriado

Por Ane Greice Passos | 16/11/2013

dentro_represinha

Ane Greice PassosAmigos aproveitam o feriado para curtir a natureza no Parque da Represinha

O Parque Ecológico da Represinha, localizado em Itapecerica da Serra, foi à opção de lazer encontrada por famílias Itapericanas e de cidades vizinhas, neste feriado prolongado. Com muito sol e dias agradáveis o passeio foi marcado por muito verde e pássaros cantando.


Com 4,3 hectares de Mata Atlântica, a Represinha possui uma diversidade de fauna e flora e a sensação de tranquilidade. Quem visita o local encontra uma boa opção para passear com a família e amigos. “Aqui tem uma boa estrutura de piquenique, lugar de diversão para as crianças e área verde”, disse Giovane Pereira, 43.


Quem também veio visitar o local foi o grupo de amigos de São Paulo. Convidados por um morador de Itapecerica eles afirmaram ter gostado do sossego do parque e garantiram o retorno para outro piquenique. “É uma opção boa, não tem muita gente, reservado e a estrutura é bacana, vamos voltar outras vezes”, disse Thiago Pitágoras, 28.


A ideia de visitar a Represinha foi do morador Cleberson Costa Junior, 28, que já é frequentador do parque e quis apresentá-lo para os amigos. ”Estávamos procurando uma opção para curtir a natureza, eles queriam ir a parques de São Paulo, mas eu sugeri aqui e todos gostaram”, disse Cleberson, que reclama da falta comunicação do local. ”Muitos moradores de Itapecerica não conhecem aqui, ele é pouco divulgado”, finalizou.


Morador de Itapecerica e frequentador antigo do parque Sidney Alves de Aguiar, 34, acha o parque uma boa opção de lazer, principalmente para ele que não tem muito tempo para viajar. “Eu nadava muito quando era criança, eu vinha muito aqui antes e depois da reforma é a primeira vez que visito. Eu gostei do que fizeram a gente não tem muito opção de lazer em Itapecerica e aqui é bom para trazer as crianças”, acompanhado da família e amigos Sidney aproveitou o passeio.


Quem visita o Parque Ecológico da Represinha tem um maravilhoso contato com a natureza. Mesmo antes de chegar ao local e passeando por seus vários hectares é possível ouvir passarinhos e conhecer diversos tipos de árvores com a informação dos seus nomes indígenas e científicos. Para quem tem filhos, o parquinho é feito de madeira e matérias ecológico, fazendo a criança interagir com a natureza e conhecer o meio ambiente, em meio ao mundo tecnológico atual.


Reclamações e melhorias

Alguns dos pontos negativos apontados pelos visitantes são a falta de segurança e alguns problemas com a manutenção do local. O Parque Ecológico da Represinha não possui guardas municipais e salva-vidas, segurança indispensável devido ao lago que circula suas instalações.
Conversando com algumas famílias foi possível ver o descontentamento nesses aspectos. “Precisa de cuidados com a manutenção de banheiros e bebedouros que não tem. Não tem onde beber água aqui”, disse Douglas Alves, 23, que complementou. ”Falta segurança também, alguém que faça uma ronda durante o dia”.


Edivan Alves, 45, veio ao parque junto com sua família e amigos para descansar no feriado. O empresário que mora em São Paulo, diz ter gostado do parque, mas que algumas mudanças devem ser realizadas. “Por se tratar de um espaço público precisa de uma segurança adequada, por mais que não se possa nadar precisa de um salva-vidas para as crianças. Também verifiquei problemas com a conservação dos bancos”, disse ao Jornal na Net.


Segurança e manutenção foram as principais reclamações de quem visita o parque, mesmo assim todos os entrevistados afirmaram que voltariam ao local, devido ao clima ameno e de tranquilidade.


Os únicos funcionários que trabalham na Represinha nos fins de semana e feriados são os porteiros, que muitas vezes não conseguem cobrir todas as necessidades do parque. Com apenas uma pessoa cuidando de todo o parque, a possibilidade de acidentes aumentam. O senhor João de Santana, 48, que trabalha no local há 3 anos e afirma que muitas vez tem que ligar para o GCM (Guarda Civil Municipal) para atender ocorrências internas.


Santana queixou-se do excesso de trabalho e a baixa remuneração recebida. “Nós fazemos o serviço da GCM, mas ganhamos um salário abaixo do mercado. Nosso turno é de 12 horas por 36 e ganhamos um salário mínimo”, afirmou o vigia que precisa trabalhar em outro local a fim de complementar a sua renda.


Observatório do parque está fora de operação


O parque conta ainda com um observatório de aproximadamente 22 metros de altura e 127 degraus. Esse equipamento deveria vir acompanhado de uma luneta, conforme projeto da gestão anterior, que permitiria aos visitantes do parque admirar a fauna e flora e o complexo hídrico da região, mas o local é fechado devido a não existir o equipamento e funcionários qualificados para acompanhar os visitantes.

Visite o parque:

Endereço:
Parque da Represinha
Estrada da Represinha, 1405 – Jardim Sampaio – Acesso pela Rod. Régis Bittencourt, KM 289 ou pelo Jardim Sampaio.

Funcionamento:

Quarta a Sexta-feira

Visitação monitorada Pré-agendada, das 09h00 às 17h00

Sábados e Domingos

Visitação Pública, das 09h00 às 17h00

Fotos do Parque


morador pqp

Sou morador, e não me arrisco, total falta de segurança e infraestrutura, querem empurrar este parque abandonado nos munícipes. Infelizmente meu povo, vizinhos e moradores não temos o que fazer nesta cidade Nos finais de semana, nos sujeitamos ao shopping Itapecerica Lotado de molecada fazendo bagunça ou parques abandonados a não podemos esquecer do Ginásio de Esporte também. abraço

Virginia

Que falta faz o Jorge Costa ele restaurou todo o parque e a nova administração como não estão fazendo nada pois não seria o parque que eles iriam pelo menos o manter em ordem é lamentável

10/08/2017

Taboão da Serra sedia encontro do grupo C8 – Rota da Cultura

A Prefeitura de Taboão da Serra sediou na quinta-feira, 3 de agosto, uma reunião de trabalho do...

13/07/2017

Mostra Cultural do Projeto Aparecendo aconteceu domingo no Cemur

O projeto Aparecendo, que conta com o apoio do vereador Cido, foi realizado no  domingo, dia 8,...

12/07/2017

Corra e compre já seu ingresso para o rodeio de Itapecerica

Quem quiser aproveitar os shows do último final de semana da 39° edição da Festa do Peão de...

07/07/2017

Fim de semana tem rodeio em Itapecerica e quentão em Taboão

Neste fim de semana, Taboão, Embu e Itapecerica da Serra possuem diversas atrações que prometem...

03/06/2017

Fim de semana no Embu tem cultura no bairro, maracatu, dança, música e futebol

Fique por dentro das atrações culturais e esportivas promovidas pela Prefeitura de Embu das...

29/05/2017

Taboão teve duas mulheres palestrantes na 1ª Virada Feminina de São Paulo

Taboão da Serra teve duas representantes entre as palestrantes da 1ª Virada Feminina ocorrida...

26/05/2017

1º Fórum de Cultura & Arte de Embu das Artes acontece neste sábado (27)

A Secretária Municipal de Cultura irá realizar no próximo sábado (27), O primeiro Fórum...

25/05/2017

Abolição da escravatura é comemorada com atividades culturais em Taboão

Dia 13 de maio é comemorado a Abolição da Escravatura. A data homenageia a Lei Áurea, sancionada...

22/05/2017

Seminário com autoridades debate racismo em Itapecerica

Raças, credos e gêneros, todos juntos discutindo uma sociedade sem discriminação, mais...

20/08/2017

Programa Lado a Lado forma 777 alunos em Taboão da Serra

“O primeiro curso de que fiz no Jardim Saporito foi o de Manicure, em 2016. Não atuava neste...

20/08/2017

Carro capota perto da entrada do Assai na BR e deixa três feridos em Taboão

Um grave acidente de trânsito por pouco não acabou em tragédia neste domingo, 20, na rodovia...

20/08/2017

Taboão premia 21 alunos vencedores do concurso “Mitos e Lendas”

A Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia de Taboão da Serra promoveu, na noite de...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.