Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Taboão terá anexo especial para atuar em casos de violência contra a mulher

Por Assessoria de Imprensa | 14/11/2013

600_2

DivulgaçãoPara a deputada Analice Fernandes o Anexo dará um grande apoio para o trabalho feito no Centro de Saúde da Mulher, no município

Uma audiência com o presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, o desembargador Ivan Sartori reuniu a deputada Analice Fernandes, o prefeito de Taboão, Fernando Fernandes, representantes da Justiça de Taboão da Serra, a juíza Carolina Conti Reed e o  juiz Guilherme Lopes Alves, a juíza da 16ª Vara Criminal de São Paulo, Maria Domitila Mansur, vice-cordenadora da Coordenadoria da Mulher do TJ, Maria de Lourdes Rachid  com o objetivo de solicitar ao presidente a criação de um anexo a Vara Criminal  que atue exclusivamente em casos de violência contra a mulher, dia 11 de novembro.

Quando o Anexo de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher estiver funcionando as mulheres taboanenses poderão contar com a agilização no julgamento dos processos criminais que tratam dos delitos previstos pela Lei Maria da Penha.

O prefeito Fernando Fernandes se prontificou a providenciar o local para o funcionamento do anexo. “Temos todo o interesse em colaborar com o judiciário para aumentar a rede de proteção em favor da mulher vítima de violência”, disse o prefeito que irá estudar algumas áreas.

Para a deputada Analice Fernandes o Anexo dará um grande apoio para o trabalho feito no Centro de Saúde da Mulher, no município. “No inicio do ano, nós formalizamos um pedido para que Taboão tivesse uma Vara Especial para tratar a violência contra a mulher. Sabemos que esta estrutura é mais difícil, porque depende de um grande número de funcionários, mas com o Anexo em funcionamento teremos um grande avanço num menor espaço de tempo”, afirmou a deputada Analice.

O presidente do TJ, Ivan Sartori afirmou que irá autorizar o funcionamento do Anexo, que deverá funcionar com uma estrutura sugerida pela COMESP – Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Poder Judiciário do Estado de São Paulo. O desembargador aproveitou para agradecer a deputada Analice Fernandes pela parceria, referindo-se aos Projetos de Lei que estão tramitando na Assembleia e dispõem sobre a estrutura do Judiciário Paulista.



18/10/2017

Taboão teve sessão histórica para as mulheres e com aprovação de leis

O grito silencioso das mulheres vítimas de violência ecoou com força e fez da sessão desta...

17/10/2017

Reforma eleitoral abre espaço para propaganda paga em sites

A reforma eleitoral, aprovada no Congresso Nacional e sancionada recentemente pelo presidente...

15/10/2017

Ney Santos fará reforma no governo de Embu, João Ramos deixará prefeitura

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos (PRB) vai anunciar nos próximos dias uma reforma...

13/10/2017

Câmara Municipal aprova reajuste de abono para servidores

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram na última terça-feira, dia 10, por unanimidade, um...

11/10/2017

Convenção realizada no domingo elegeu novo diretório do PSDB de Itapecerica

O diretório municipal do PSDB de Itapecerica da Serra realizou, no último domingo (8 de...

11/10/2017

STF deve decidir hoje se Congresso pode rever medidas contra parlamentares

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve decidir hoje (11) se parlamentares podem ser afastados do...

11/10/2017

Analice intercede por liberação de recursos para Embu das Artes

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos e a deputada estadual Analice Fernandes participaram de...

10/10/2017

Ney Santos lança Cartão Cidadão prometendo economia de recursos públicos

Anunciado como a maior ferramenta de gestão tecnológica de dados de toda a região, o Cartão...

10/10/2017

Parecer do relator de denúncia contra Temer deve ser lido nesta terça

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.