Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Reunião desta quinta-feira pode decidir futuro do Transporte Alternativo de Itapecerica

Por | 26/05/2010

greve_transporte.jpg

Dia D do Transporte Alternativo de Itapecerica é hoje

Nesta quinta-feira, 27 é o dia D do Transporte Alternativo de Itapecerica da Serra. A reunião para a possível resolução do impasse entre Prefeitura e condutores será realizada na sede da prefeitura, às 10h com a presença do Prefeito Jorge Costa.

Durante a última reunião, 14, os condutores saíram satisfeitos após proposta de Jorge Costa que incentivou a apresentação de uma nova cooperativa, pois se os perueiros da cidade se unirem e montarem a sua própria cooperativa nenhum deles ficará sem trabalho, acredita Jorge.

“Não tenho nenhuma intenção de prejudicar vocês, não me interessa quem seja a cooperativa, quero todos vocês trabalhando, mesmo que a documentação esteja certa tentarei viabilizar melhores recursos para vocês (perueiros), pois só preciso cumprir o que determina a lei, pois ela pede que a cidade tenha uma cooperativa”, garantiu.

Jorge Costa se comprometeu a não homologar a licitação antes do prazo. “Agora vocês (representantes da categoria), me apresentem uma proposta com alguns requisitos que o edital pede, tais como: frota modernizada, bilhetagem eletrônica, estatuto da cooperativa dos perueiros da cidade, viaturas para deficientes físicos, manutenção (limpeza) das peruas e ponto de ônibus, condições de transporte para idosos e deficientes, no dia 27, e se caso falte algum requisito, podemos fazer um contrato emergencial de seis meses, pois com isso vocês continuam trabalhando”, afirmou.

Lembre como tudo começou ...

Os condutores das vans decidiram cruzar os braços após abertura de envelope da licitação que apresentou somente a Cooperpan como participante da licitação na terça-feira dia 11 de maio.

Os operadores não aceitaram que o edital da licitação contemplasse apenas as cooperativas. “Não temos dinheiro para mudar o que será necessário para participar da licitação, tememos ficar desempregados”, reclamavam os perueiros.

No dia 12 de maio após reunião com o Prefeito os perueiros decidiram fazer manifestação em todo o centro da cidade, causando muitos transtornos para os munícipes entre eles trânsito e atraso para chegar no trabalho, pois muitos moradores da cidade necessitam do transporte para ir trabalhar, afinal em alguns bairros os ônibus da empresa Miracatiba não trafegam e a única forma de condução é através do Transporte Alternativo.

Após a última reunião no dia 14 os perueiros voltaram a trabalhar normalmente e não fizeram nenhum tipo de manifestação.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.