Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Médicas cubanas são recebidas em clima festivo em Embu das Artes

Por Sandra Pereira | 1/11/2013

maism450

Sandra PereiraMédicas foram recebidas por autoridades municipais na Câmara nesta sexta-feira, 1º de novembro

As seis médicas cubanas que vieram trabalhar em Embu das Artes por meio do programa Mais Médicos, do governo federal, foram recebidas em clima de festa nesta sexta-feira, 1º de novembro. As médicas Maria Eulalia Quesada Arminan, Maria Georgina Nicolas Hernandez, Maria Isabel Gonzales Guevara, Maria Yermes Clausse Duany, Maricel Mejias Herrera e Maricel Vazquez Cespedes vão trabalhar nas unidades de saúde do Santa Tereza, Santa Luzia, Fátima, Valo Verde e Santa Emília. As profissionais ficaram emocionadas com a recepção que receberam. O prefeito Chico Brito disse que o reforço na equipe de saúde da cidade é positivo e lembrou que Embu ainda pode receber outros 15 médicos do programa federal.  Segundo ele a rede municipal de saúde conta atualmente com 32 médicos especialistas, 71 clínicos gerais atuando na atenção básica, 63 no Pronto Socorro do Vazame e 89 no PS central. 

Para o prefeito o programa Mais Médicos enfrenta o corporativismo tradicional da categoria. Aos críticos do programa, que pregam dificuldades de comunicação entre médicos e pacientes, Chico Brito lembrou que em países como Estados Unidos e Canadá entre 30 e 35% dos médicos são de origem estrangeira.  

Citando as dificuldades de deixar a própria pátria, a família e amigos, Chico Brito usou a história para unir Embu das Artes e Cuba, terra natal das médicas. Ele lembrou que em 1959 quando Embu virou cidade os cubanos protagonizaram a revolução camponesa tornando-se símbolo do socialismo. Ele disse que o sacrifício das médicas de deixar a sua pátria vai ser recompensado pelo reconhecimento do povo brasileiro e dos moradores de Embu das Artes. 

“O povo acolheu os médicos de Cuba. O Mais Médicos está fazendo uma revolução no país porque o corporativismo dessa categoria é muito grande. A presidente Dilma e o ministro Padilha tiveram a coragem de enfrentar e romper essa prática”, disse o prefeito. 

Chico Brito relatou que pela manhã exonerou um médico a bem do serviço público porque ele agendou vários pacientes no mesmo horário somente para dar plantão em outra cidade. Ele lembrou que a principal deficiência na área da saúde refere-se aos recursos humanos e citou os investimentos feitos na cidade desde 2001 na saúde. De acordo com o prefeito em 2001 o orçamento da saúde era de apenas 7 milhões e em 2008 subiu para R$ 140 milhões, mantendo o acréscimo de investimento nos anos seguintes. 

“O problema na saúde é decorrente de toda a demanda reprimida que enfrentamos. Mesmo com todos os investimentos ainda precisaríamos de mais 50 médicos para cumprir as metas da Organização Mundial de Saúde. Mas nenhuma prefeitura consegue isso sozinha sem ajuda dos governos estadual e federal”, disse o prefeito. 

O deputado Geraldo Cruz saudou as médicas e relatou as dificuldades que o País enfrenta na área da saúde para defender o programa federal e demonstrar a importância dele junto às comunidades. O deputado criticou o fato do governo do estado não apoiar os municípios no custeio das Unidades de Pronto Atendimento (UPAS), construídas pelo governo federal. Observou que os interesses da população devem estar acima dos partidários ou pessoais, numa crítica explícita ao PSDB.

“O ministro Padilha é médico. Filho de médica e teve a coragem de comprar briga com os conservadores. Esse é um posicionamento que deve ser elogiado”, disse. 

As médicas cubanas vão ficar hospedadas numa pensão de Embu por 10 dias. A prefeitura está providenciando para elas um imóvel alugado e aulas de português para facilitar a comunicação com os pacientes. 

 A chegada da equipe de médicas movimentou o dia na cidade. Pela manhã elas foram recepcionadas no gabinete do prefeito. Depois almoçaram no restaurante popular e às 16 horas foram recepcionadas na Câmara Municipal por várias autoridades locais.

23/11/2017

Laércio Lopes deixa o PTB e busca novos partidos para disputar sucessão de 2020

O vice-prefeito Taboão da Serra, Laércio Lopes, anunciou nesta quarta-feira, 24, que vai deixar...

23/11/2017

Novo texto da reforma mantém idade mínima de 65 para homens e 62 para mulheres

O deputado Arthur Maia (PPS-BA), relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016,...

23/11/2017

Polícia Federal prende ex-chefe da Casa Civil do governo Cabral e cumpre outros

22/11/2017

Temer reúne governadores em busca de apoio para reforma da Previdência

Com a proximidade do recesso parlamentar, que começa oficialmente no dia 23 de dezembro, o...

15/11/2017

Analice Fernandes volta a presidir Alesp e marca a história das mulheres

Depois de marcar a história de Taboão da Serra como a 1ª mulher eleita deputada estadual,...

14/11/2017

Analice Fernandes reforça ações de combate a violência contra a mulher

A deputada estadual, Analice Fernandes, que assumiu pela segunda vez a presidência da Assembleia...

14/11/2017

Fórum em Taboão discute as demandas para melhorar a acessibilidade no município

A Câmara Municipal de Taboão da Serra foi palco no sábado (11) do “2º Fórum de Acessibilidade,...

11/11/2017

Presidente da OAB –SP recebe título de Cidadão Taboanense na Câmara

O advogado Dr. Marcos da Costa, presidente estadual da Ordem dos Advogados do Brasil seção São...

10/11/2017

Vem ai a 5º ação do Prefeito no seu bairro no Jr. Santo Eduardo

Neste  sábado, 11/11, à partir das 09:00 horas, com saída da Rua Panorama o Jd. Santo Eduardo...

23/11/2017

ONG Sementes do Amanhã vira pauta de reportagem da rede Globo

A ONG Sementes do Amanhã será pauta de uma reportagem especial da rede globo. Denominada de...

23/11/2017

Taboão terá caminhada contra violência à mulher neste sábado, 25

A caminhada contra a violência à mulher vai fazer o próximo sábado, 25 de novembro, entrar na...

23/11/2017

Laércio Lopes deixa o PTB e busca novos partidos para disputar sucessão de 2020

O vice-prefeito Taboão da Serra, Laércio Lopes, anunciou nesta quarta-feira, 24, que vai deixar...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.