Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Mudanças na Praça Luiz Gonzaga divide opiniões em Taboão da Serra

Por Anderson Dias | 27/10/2013

poupatempo450_1

Karen SantiagoPoupatempo e Bom Prato serão instalados na praça Luiz Gonzaga

Alguns munícipes de Taboão da Serra são contrários à instalação do Poupatempo na praça Luiz Gonzaga alegando que a praça é o único espaço de lazer da região. O que não agrada a população é o fato de que antes a praça recebia diversos eventos como shows.

 “Eu sempre morei no Pirajuçara e há anos a praça está aí, agora não vamos ter mais nada aqui, nem show, nenhum evento, nem a área de lazer para os nossos filhos”, reclama Patrícia Oliveira.

Diferente dela há os que defendem a instalação do Poupatempo e Bom prato com argumento de que os serviços são importantes e a praça não tinha ares de praça nem mesmo árvores ou equipamentos de lazer. “Do jeito que está a praça só é boa para os desocupados”, resume outra moradora que teme ser identificada.

O governador Geraldo Alckmin esteve em Taboão da Serra no dia 13 de setembro para anunciar a instalação do Poupatempo. O investimento da obra está estimado em R$ 3,4 milhões, e ainda outros R$ 1,3 milhões destinados à implantação e R$ 2.160.000,00 de custeio anual. No mesmo projeto ainda há a inclusão de outros dois benefícios para a população, o novo Detran e o Bom Prato, mas moradores da cidade cobram o espaço cultural, “Aqui sempre foi palco de grandes atrações, quando não, servia para o lazer dos moradores, e agora nada na região”, disse Renato Nascimento.

De acordo com o prefeito Fernando Fernandes, que na quarta-feira falou ao jornal SPTV - 1ª edição, da TV Globo, os moradores do bairro vão ganham em entretenimento. “O projeto de construção do Poupatempo prevê a preservação das árvores que já existem no local e o plantio de mais espécies. Serão instalados ainda equipamentos públicos de lazer destinado às crianças e a terceira idade”, conta. “Vale ressaltar que a Praça Luiz Gonzaga tem mais de 4.000 m² de área e o prédio da unidade terá aproximadamente 1.300 m², ou seja, todo o restante ficará remanescente para as melhorias e adequações”, completa o prefeito. “Claro que o Poupatempo é importante, ninguém tem dúvidas disso, mas ficaremos carente de um espaço que sempre serviu a nossa comunidade, isso é o que reivindicamos”, ressaltou Mirian Costa.

Em 2008 a praça Luiz Gonzaga foi “revitalizada” com a “proposta de dar cara nova à região”. O projeto inicial previa ampliação e reurbanização da área de 3. 900 metros quadrados, que teria a construção de um palco em formato removível, iluminação informatizada, novo piso, instalação de bancos e canteiros ajardinados. As obra custou R$ 620 mil financiados com recursos próprios e Ministério do Turismo, mas boa parte das melhorias propostas e o palco nunca foram instalados. A praça já foi palco de muitos eventos como encenação da Paixão de Cristo, eventos políticos, e shows diversos, “Antigamente a praça tinha shows, era divertido ver os artistas se apresentarem aqui pertinho de casa, tudo era muito bom, a gente vai sentir muitas falta disso, apesar de o Poupatempo ser algo muito bem-vindo”, Bruno Ventura

O Poupatempo Taboão, vai ser mais um dentre as diversas unidades que já existem na grande São Paulo, como em São Bernardo do Campo, Guarulhos, Osasco, Mogi das Cruzes e Suzano. A instalação do equipamento em Taboão da Serra foi prometida durante a gestão do governo de José Serra. O Poupatempo oferece serviços de emissão de atestado de Antecedentes Criminais (AAC), Carteira de Identidade (RG),carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), Carteira Nacional de Habilitação (CNH), CPF, segunda via de documentos e encaminhamento para vagas de emprego e entrada de seguro desemprego, “Ter o Poupatempo praticamente ao lado da minha casa é muito bom, vou conseguir resolver as coisas com mais facilidade”, disse Paloma Ribeiro.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.