Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Audiência pública discute PPA de Taboão da Serra para 2014 a 2017

Por Sandra Pereira | 21/10/2013

aqui450

Sandra PereiraVereadores discutiram e apresentaram emendas ao PPA

A Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal de Taboão da Serra realizou audiência nesta segunda-feira, 21, para apresentar Plano Plurianual (PPA) do município para o período de 2014/2017. O PPA prevê recursos da ordem de R$ 3.046.747.000,00. O PPA é peça fundamental na composição do orçamento público. Traça as metas, diretrizes e objetivos a serem cumpridos no período fixado. 

O PPA ressalta a “intenção de melhorar a saúde no município, oferecendo atendimento médico de qualidade, remédios e tratamento digno”. Trata de investimentos para instalação do Corpo de Bombeiros, ampliação da GCM, redução do trânsito, implantação do Bilhete Único, implantação do sistema de cultura, novas práticas ambientais, melhorias na educação, implantação de arena multiuso, modernização e readequação de praças esportivas. O PPA Também trata do atendimento às necessidades de ampliação, reforma e modernização de prédios da administração.

O presidente da Comissão de Finanças de Orçamento, vereador José Aparecido, o Cido, apresentou 20 emendas ao PPA. A comissão apresentou emenda garantindo recursos para a implantação das olimpíadas escolares. “A audiência foi positiva e cumpriu o seu papel agora  o PPA poderá seguir para votação no plenário e receber emendas dos demais vereadores”, disse o vereador Cido.

O PPA recebeu parecer favorável das Comissões de Justiça e Redação, e Finanças e Orçamento. Agora segue para tramitação no plenário da Câmara, quando deverá receber novas emendas dos vereadores.

Apesar da audiência estar esvaziada os vereadores Cido, Joice Silva e Ronaldo Onishi não se esquivaram de analisar o documento que traça as diretrizes que Taboão da Serra deverá seguir nos próximos quatro anos. A vereadora Érica Franquini também participou da discussão. O PPA é estratégico para o planejamento da cidade à médio prazo. Uma proposta que não esteja contida nele dificilmente será implantada por qualquer administração. As cidades têm até o dia 31 de outubro para votar o PPA.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.