Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

"Velozes e furiosos" conduzem ônibus das linhas municipais em Taboão da Serra

Por Anderson Dias | 15/10/2013

piraju

Anderson DiasUsuários reclamam de excesso de velocidade dos ônibus circulares

A Viação Pirajuçara, que comanda as linhas de transporte público em Taboão da Serra, é alvo de críticas por passageiros que reclamam da conduta dos motoristas e pelo excesso de velocidade. Os usuários afirmam que constantemente sofrem maus tratos por parte dos condutores, que agem de forma grosseira ao falar com passageiros, arrancaram os veículos de maneira bruta a ponto de causar  ferimentos nos passageiros e ainda falam ao celular com o ônibus em movimento.“Eles [motoristas], são os “Velozes e furiosos”, da vida real, andam em alta velocidade por toda a cidade e, sempre tratam os passageiros com fúria, ignorância e gritos”, disse Sheila Almeida.

Não é a primeira vez que a Pirajuçara, é apontada pelos deslizes e transtornos causados aos passageiros. O Jornal Na Net já divulgou outras denúncias que se referem ao tratamento com os usuários idosos, mulheres e a sujeira no interior dos veículos. “Nós somos obrigados a andar em ônibus com motoristas que não estão preparados para lidar com o público, são grosseiros, mal educados e não respeitam o ser humano”, afirmou Denise Santana.

Os passageiros apontam ainda que os motoristas ao falar no celular tratam de assuntos pessoais, falam sobre família e, de acordo com o desenrolar da conversa, descontam nos usuários os acontecimentos que envolvem a particularidade, “Eu já fui alvo do estresse de um motorista que estava no celular discutindo com a namorada e, quando ele desligou e eu fui fazer uma pergunta ele foi estupido comigo e, gritou me constrangendo”, disse Giane Oliveira.

Os idosos também reclamam bastante da maneira como são desrespeitados pelos motoristas da linha circular e, dizem não entender o porquê dos condutores fazerem o que bem entendem e não serem punidos, “Os motoristas dos circulares pensam que nós [passageiros], somos bichos para sermos tratados de qualquer maneira, os fiscais que vemos nos pontos de ônibus parecem servir apenas para controlar os horários, não existe punição para motorista”, disse Guilherme.

“Somo passageiros, pagamos nossas passagens e não há o menor respeito conosco, os motoristas parecem estar sempre revoltados, com problemas e dispostos a descontar a sua raiva nos passageiros”, desabafou Renato Martins.

A Pirajuçara disse que os motoristas passam frequentemente por treinamentos para lidar com uma boa conduta e, maneiras para agir com os passageiros.


Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.