Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Vigilância Epidemiológica de Taboão atinge metas e ganha prêmio de Tuberculose

Por Prefeitura Municipal de Taboão da Serra | 11/10/2013

epi

Ricardo VazPrêmio foi entregue no Centro de Convenções Rebouças e Taboão ficou entre os 30 municípios contemplados

A Vigilância Epidemiológica de Taboão da Serra recebeu no Centro de Convenções Rebouças, o prêmio “Qualidade nas Ações de Controle da Tuberculose”. Taboão participou do processo de premiação com outros 645 municípios sendo que, em média, 30 acabam recebendo durante o Fórum Estadual de Tuberculose que aconteceu no mês de setembro.

“Essa premiação demonstra o trabalho eficaz que nossos profissionais da saúde desenvolvem no combate a tuberculose uma doença que precisa ser diagnosticada e tratada para que o paciente não tenha complicações futuras”, comentou o prefeito Fernando Fernandes.

Segundo a Secretaria de Saúde de Taboão todas as metas determinadas pela Secretaria de Saúde do Estado foram atingidas pela Vigilância Epidemiológica para alcançar o prêmio, como a cura acima de 85% dos casos, óbitos e abandonos abaixo de 5%, busca de casos com exames em 70% dos Sintomáticos Respiratórios em pacientes com tosse há três ou mais semanas, oferta de anti-HIV para todos os pacientes tuberculosos e proporção de casos em tratamento diretamente observado e número de casos novos em relação ao total. “Tivemos 93% de cura nos casos de tuberculose e o Estado determina 85%, ultrapassamos os 80% em busca de novos casos e a meta era de 70% só por esses números é possível perceber que estamos empenhados em continuar com os programas desenvolvidos pela Secretaria de Saúde no combate a tuberculose”, disse a secretária de Saúde, Dra. Raquel Zaicaner.

A doença

A tuberculose é uma doença bacteriana altamente contagiosa adquirida pelas vias áreas. Os infectados costumam eliminar grande quantidade de bactérias no ambiente tossindo, falando ou espirrando. Estes agentes podem ser inspirados por pessoas saudáveis, levando à doença. Os principais sintomas são tosse (por mais de 3semanas), febre baixa (mais comumente ao entardecer), suores noturnos, falta de apetite, emagrecimento e cansaço fácil. Caso a pessoa apresente estes sintomas deve procurar a UBS mais próxima para ser examinado. A doença é curável e o tratamento oferecido gratuitamente nos postos de saúde. É muito importante que os pacientes não interrompam o tratamento, para evitar o surgimento de bactérias resistentes aos remédios e o consequente contágio de novas pessoas.

Por Ricardo Vaz

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.