Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Shopping Taboão promete construir alça de saída para Embu em 2 anos

Por Sandra Pereira | 9/10/2013

bla450

Sandra PereiraParticiparam da reunião os vereadores Marcos Paulo, Cido, Joice, Eduardo Nóbrega, Carlinhos do Leme, Eduardo Paz e Vida e Onishi

Até setembro de 2015 o shopping Taboão vai entregar a alça de saída da Régis Bittencourt em direção à Embu das Artes prevista no projeto inicial  aprovado pela prefeitura durante a implantação do empreendimento em 2000. O compromisso foi assumido pelas representantes do shopping que participaram da reunião da Comissão Especial de Acompanhamento nesta quarta-feira, 9, na Câmara Municipal. Elas garantiram que o dispositivo de saída para a BR será entregue no prazo estipulado. Foi a primeira vez desde o início dos trabalhos da Comissão que a diretoria do shopping rompeu o silêncio e tratou do tema.

Os vereadores pediram a apresentação de um cronograma das obras previstas no Termo de Compromisso para Execução de Medidas Atenuadoras e Compensatórias (TEC). Eles avaliaram ter sido o documento que acabou viabilizando a realização da obra no prazo de dois anos, uma vez que fixou os períodos para a construção, permitindo que os agentes públicos cobrem sua efetividade. O shopping não apresentou o projeto de construção da alça e nem o valor da obra.

“Queremos acreditar no shopping Taboão. Mas é importante um cronograma para que nós possamos acompanhar e cobrar a obra. É importante termos uma data de início das obras”, afirmou o presidente da Comissão, vereador Marcos Paulo.

Ele  comemorou o anúncio e disse que a construção da alça é resultado direto da cobrança feita pelos vereadores. Ele salientou a necessidade de construção de ponto de ônibus com acessibilidade para portadores de deficiência.

O secretário de obras, Rogério Balzano, garantiu que a determinação do prefeito é que o Habite-se definitivo do Shopping só seja emitido após a conclusão de todas as obras de compensação previstas. Disse que até 2006 a legislação não previa relatórios de impacto de vizinhança e nem medidas mitigadoras, ambos os mecanismos foram implantados por meio do Plano Diretor. Ele revelou que o shopping poderá ser lacrado se a alça não for viabilizada.

“Se tudo que está previsto no TAC não for concluído eles não conseguem o Habite-se e não vão poder funcionar. Se em dois anos a alça não tiver concluída cassa-se o Habite-se parcial e o alvará e o shopping pode ser lacrado”, disse.

Já o vereador Cido destacou que no próximo Natal Taboão da Serra irá receber de presente a alça que vai ajudar a reduzir o grave problema de mobilidade que o município enfrenta. Cido salientou a seriedade dos trabalhos da Comissão e revelou que ja´está empenhado na produção do relatório. 


O vereador Eduardo Paz e Vida chegou a propor que a inauguração da ampliação fosse condicionada à construção da alça de saída, mas a  representante do shopping disse que a inauguração da ampliação está prevista para o final de 2013.

O vereador Ronaldo Onishi disse que a construção da alça representa uma conquista histórica para a cidade e a atual legislatura. Lembrou que em vários momentos a comissão enfrentou descrédito pelo fato do tema ser pauta recorrente no Legislativo, sem nunca ter sido concretizada efetivamente. Ele pediu a apresentação de um cronograma de execução da obra para evitar atrasos ou descumprimento. “Essa não é conquista individual. É do povo de Taboão da Serra”.

A vereadora Érica da Enfermagem comemorou o prazo de 2 anos para a realização da obra alegando que a cidade já esperou 12 anos pela alça.

Participaram da reunião os vereadores Marcos Paulo, Cido, Joice, Eduardo Nóbrega, Carlinhos do Leme, Eduardo Paz e Vida e Onishi.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.