Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Críticas, denúncias e desfiliação de Lazarin pautam sessão de Itapecerica

Por | 9/10/2013

camara1

Karen SantiagoDurante sessão, Gerson anuncia desfiliação do PSB

Discussões sobre o Shopping, alterações no trânsito e, ainda denúncias diante das condições precárias dos banheiros das meninas, nem ao menos com portas e a quebra dos mictórios da escola municipal Professora Lenice Lopes Simioni, bairro Aldeinha acabaram pautando a sessão da Câmara de Itapecerica da Serra, na noite de ontem, 8 de outubro. Na ocasião, o vereador Gerson Lazarin anunciou sua desfiliação do PSB – relembre aqui. E a pedido de Chuvisco, os vereadores retiraram da ordem do dia, o projeto de Lei que institui o programa de Estímulo e Desenvolvimento Econômico.

Sangue Bom foi incisivo em seus discursos. Extremamente crítico à administração e responsável pelas denúncias das condições dos banheiros e mictórios, sem contar na substituição dos ônibus terceirizados que fazem o transporte escolar, por veículos próprios da prefeitura. Ele levantou ainda a discussão sobre o uso de máquinas da prefeitura, na obra da praça da Fonte, uma contrapartida do Itapecerica Shopping.

“Me senti envergonhado quando fui visitar a escola. Mais de 40 crianças estudam lá e infelizmente quando vão fazer as necessidades, as portas ficam abertas e um caldeirão serve para o xixi cair, já que os mictórios estão quebrados”, afirmou.  Ele afirmou que com certeza o shopping não será inaugurado no dia proposto, uma vez que o Ministério Público está investigando algumas possíveis irregularidades.

Em relação às alterações no trânsito e o bloqueio da avenida Major Telles, Sangue afirmou que não foram consultadas junto aos moradores e comerciantes. “O dia que quiserem ajudo vocês a arrancarem as barreiras. No Bandeira já não pode mais carregar e descarregar. Inverte mão é ‘caneta no cidadão’”, apontou.

Hércules da Farmácia esclareceu alguns dos apontamentos de Sangue Bom. “A respeito da Major Telles teve audiência pública. Deixando claro que é só um teste. O Shopping é de iniciativa privada. Você falou do Bandeira, que gera renda e o empreendimento vai abrir 800 vagas de empregos diretos. Há contradição na sua fala”, observou.

O vereador ainda disparou que Sangue Bom “parece que está usando a tribuna como palanque. O que é verdade tem que ser dita. Agora só falar mal, criticar sem dar um norte, não adianta nada”. De acordo com ele, o vereador deve sim denunciar as possíveis irregularidades e “dar nome aos bois”. Citando o uso da máquina da prefeitura nas obras da praça da Fonte, Hércules esclareceu que a máquina estava retirando os paralelepípedos “que é nosso”, completou.

Extraordinária

Logo após o término da sessão, os vereadores votaram a favor, em regime de urgência, o projeto que autoriza a Prefeitura firmar convênio com o Governo do Estado de São Paulo por meio da Secretaria de Cultura. O projeto garante R$ 60 mil, verba de emenda da deputada estadual, Leci Brandão para promover a promoção da Igualdade Racial no município.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.