Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Chico Brito troca comando de 5 secretarias em Embu das Artes

Por Outro autor | 1/10/2013

IMG_8568__1___640x427_

Divulgação - Assessoria de Imprensa da PrefeituraPrefeito adotou um pacote de medidas para evitar travamento da máquina em função da crise financeira

Para atender a meta de reestruturar o governo com o objetivo de cumprir o seu plano de governo o prefeito Chico Brito promoveu uma mudança de secretariado que pretende gerar uma economia aos cofres municipais na ordem de R$ 278 mil/mês. A ação faz parte das medidas de contenção de gastos, anunciada em agosto pela prefeitura. 

A partir da reestruturação o governo de Chico Brito tem um novo desenho. A Secretaria de Educação, antes comandada por Lúcia Couto, fica sob o comande de  Paulo Vicente dos Reis. Marcos Rosatti deixou a Controladoria Geral do Município para assumir a secretaria de Administração.  A pasta era de José Roberto Jorge que, com a saída de Fernando Amâncio de Camargo, assume a Secretaria de Finanças. Nelson Pedroso deixa Serviços Urbanos e vai para a Secretaria de Obras, antes chefiada por Maíra Monteiro.

Clóvis Cabral, que já foi assessor do Gabinete e da equipe de Planejamento Estratégico é o novo secretário de Serviços Urbanos. Controladoria e Ouvidoria Municipal agora estão juntas e absorvem as atribuições do Planejamento Estratégico, tendo no comando Edson Bezerra, ex-secretário de Participação Cidadã, assessor do Gabinete e  coordenador do Orçamento Participativo. 

O novo secretário de Educação é graduado em Psicologia, pós-graduado em Psicologia Clínica (USP), com especialização em Psicologia Social do Trabalho, formação em Psicanálise. Paulo Vicente é especialista em Gestão Estratégica e de Negócios pela FGV e atualmente integra o grupo de doutorandos da Universidade John F. Kennedy (Buenos Aires, Argentina). Atuou como gestor e supervisor de projetos educativos em diversas organizações do terceiro setor. No primeiro mandato do prefeito Chico Brito, foi secretário-adjunto de Participação Cidadã e, em 2013, esteve à frente da Coordenadoria de Planejamento Estratégico do Governo Municipal.

Economia de R$ 278 mil/mês

Para reforçar a economia com a folha de pagamento, o prefeito Chico Brito, que já reduziu o seu salário em 20% e o salário dos comissionados em 15%,  elaborou o Projeto de Lei Complementar nº 22/2013, que reduz o número de vagas em alguns cargos comissionados, gerando uma economia de R$ 278 mil/mês. Ao todo, foram 65 cargos, dos quais seis cargos são de secretário-adjunto (agora são 10), cargos de chefe de serviço, chefe de seção, chefe de divisão, entre outros.

Com informações de Daniela Karin – Assessoria de Imprensa da prefeitura de Embu das Artes


Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.