Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Autopista diz que estudos comprovam inviabilidade de viadutos no km 275,4 e 276

Por Sandra Pereira | 24/09/2013

retono500

Sandra PereiraAutopista nega estudo para novo retorno e moradores terão que suportar trânsito caótico na Paulo Ayres

Em nota enviada ao Jornal na Net a Autopista Régis Bittencourt (Arteris) se posicionou contrária à reivindicação de implantação de um  viaduto na região do jardim São Judas, em Taboão da Serra – relembre aqui e aqui. Por meio da sua assessoria de imprensa a Arteris disse que “não está elaborando estudo para construir retorno na Régis em Taboão da Serra, mas sim um estudo para apresentar os principais entraves que comprovam a inviabilidade da sua implantação tanto no km 275,4 como no km 276, diferente do citado na matéria, pois os locais não são propícios para a construção desse tipo de empreendimento”.

A informação da Autopista confronta os anseios dos moradores dos mais diversos bairros de Taboão da Serra que esperam a implantação de um dispositivo de retorno para atender aos bairros da região do São Judas e Pirajuçara. Nesta quarta-feira, 25, uma ampla comitiva de lideranças da cidade programa ida até Brasília para reverter a questão na ANTT e no Ministério de Transportes. 

Na nota encaminhada à redação do Jornal na Net a Arteris alega cumprir integralmente o Contrato de Concessão firmado com o Governo Federal. Também alega que a alteração do local originalmente previsto para implantação do viaduto na região do São Judas, ou seja,  do km 276 para o km 277,6 da Rodovia Régis Bittencourt, foi aprovada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), por meio da Resolução n.º 3.622/2010, de 15/12/2010. 

A informação de que seria realizado um novo estudo para a implantação do viaduto de retorno na região do São Judas foi repassada por um engenheiro da Arteris em reunião com moradores e lideranças que integram o movimento em favor da implantação do dispositivo.

25/04/2018

Assaltantes voltam a jogar pedras em ônibus e caminhão na Régis Bittencourt

Um bando de criminosos não identificados voltou a atirar pedras contra ônibus, caminhões e...

24/04/2018

Prefeitura de Embu economiza 85 mil litros de combustíveis

O Governo de Embu das Artes vem realizando diversos cortes em seus custos e otimizando seus...

19/04/2018

Entra em vigor lei que aumenta pena para motorista embriagado

Entra em vigorar n

17/04/2018

Detran-SP cria aplicativo que permite que se faça indicação de condutor com self

O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) lançou um aplicativo que permite ao...

15/04/2018

Câmara Municipal debate segurança para vans escolares em Taboão da Serra

A Comissão Permanente de Segurança Pública da Câmara Municipal de Taboão da Serra realizou na...

12/04/2018

Assaltantes jogam pedras em veículos que trafegam na BR para forçar parada

Criminosos jogaram pedras contra ônibus, caminhões e carros que trafegam pela rodovia Régis...

11/04/2018

Sobreviventes de acidente da Régis serão ouvidos pela polícia no hospital

Os três sobreviventes do acidente ocorrido na madrugada da última segunda-feira 9, na Rodovia...

09/04/2018

Acidente de carro com 6 ocupantes bateu, capotou e deixou 3 mulheres mortas

Um grave acidente deixou pelo menos três mortos e três feridos na madrugada desta segunda-feira,...

26/04/2018

Bailarina de Taboão da Serra se prepara para grande festival na Espanha

Moradora do jardim Salete, em Taboão da Serra, a jovem Rosana Silva, de 18 anos, está a um passo...

26/04/2018

Força Tática fez 70 flagrantes desde que voltou para Taboão e Embu

Desde que voltou a atuar em Taboão da Serra e Embu das Artes, no dia 2 de dezembro, a Força...

26/04/2018

GCM reforça Operação Cidade Organizada em Itapecerica da Serra

Ação “Cidade Organizada’ realizou no último dia 20, uma operação procurando restringir a...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.