Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Assaltos em residências e condomínios causam temor em Itapecerica

Por | 6/09/2013

dp1_2

Karen SantiagoPolícia civil investiga a ação dos criminosos

Os constantes casos de roubos à residência estão atormentando a vida dos moradores de Itapecerica da Serra. Seja nos condomínios ou nas ruas normais os casos de invasão e roubo a residências não param de se repetir deixando os moradores inseguros dentro de suas próprias casas. Normalmente os criminosos usam armas pesadas e acabam exagerando nas doses de violência. Somente esse ano  a cidade registrou quase 20 casos de roubos à residências. A polícia civil investiga a ação dos criminosos.

Um dos assaltos mais recentes ocorridos na cidade foi no condomínio Recanto da Floresta. Onde uma residência foi invadida por uma dupla de criminosos em menos de dois dias. Na manhã do dia 28 de agosto, dois dos acusados se passando por funcionários da empresa de tv a cabo, SKY entraram na residência, fizeram três pessoas reféns, mãe e filha, além da empregada e roubaram a quantia de R$ 100.000,00. Segundo as vítimas um dos bandidos chegou a afirmar que foram até lá “pegar” o dono da casa, mas como ele não estava só queriam o dinheiro.


No primeiro roubo eles só roubaram o dinheiro, mas não machucaram ninguém. 36 horas depois, porém mais dois acusados entraram na mesma casa, renderam todos que lá estavam e exigiram grande quantidade de dinheiro. Como a esposa disse a eles que não fazia nem um dia e meio que a família havia sido roubada, justificando não ter mais dinheiro, os bandidos ficaram muito agressivos. Machucaram o dono da casa e, na sequência roubaram R$ 5.000,00, telefones celulares e jóias.

Dias antes, uma dupla de criminosos roubou a casa de uma médica na rua de cima da família vítima de bandidos em menos de dois dias. A polícia civil já tem imagens da primeira vez, em que a residência foi roubada, porém da segunda vez, os policiais acreditam que os bandidos entraram pelo matagal que tem nos fundos do Condomínio. A polícia orienta que os moradores fiquem atentos a qualquer entrega e instalação em suas residências.

Devido aos diversos assaltos já registrados na Delegacia e noticiados pelo Jornal na Net (relembre aqui, aqui e aqui) consta que a maioria das invasões acontece pela parte de trás dos condomínios. Os bandidos chegam até a ficar observando a rotina dos familiares e se o muro é muito alto fazem escada para alcançar o interior da casa.

Quem passa pelo trauma de ter a residência invadida por criminosos armados demora a esquecer os instantes de terror que enfrentou.  “É difícil ficar em casa depois de uma situação assim. Você não sente mais segurança. Não consegue voltar a ser como antes qualquer barulho parece suspeito e dá medo”, relata uma moradora que foi mantida refém por horas numa ação envolvendo vários criminosos.

Desde que ficou sob a mira de revólver enquanto os criminosos levavam computadores, telefones celulares, jóias e objetos pessoais da família após invadir a casa sem chamar a atenção da vizinhança um morador que pede pra não ser identificado não consegue mais dormir à noite.

“Não há nada pior do que perder a sensação de segurança na sua própria casa. Já faz alguns meses que eu não sei o que é dormir direito. Os primeiros dias foram piores. A gente se sente impotente, pequeno e depois dá raiva, revolta e indignação”, desabafa.

Outro morador também revela o medo que predomina na cidade. “Estamos em pânico. Pedimos socorro às autoridades. Nem mesmo a polícia sabe mais o que fazer. Os casos aumentam quase diariamente e a gente não tem a quem pedir socorro”, lamenta.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.