Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Passageiros estão insatisfeitos com higienização do transporte público de Taboão

Por Anderson Dias | 4/09/2013

onibus

Karen SantiagoCrostas de sujeira denunciam a falta de limpeza nos ônibus municipais

As empresas que administram o transporte público de Taboão da Serra estão desagradando os passageiros que utilizam as linhas circulares da cidade. Segundo relatos dos usuários os veículos trafegam com muita sujeira pelo chão, como papéis de embalagens vazias, grande quantidade de poeira, além dos assentos sujos e até mesmo cheiro de que há muito tempo não é limpo. Pichações também são constantes nos ônibus. As denúncias surgem de várias pessoas, em diversos pontos do município, que alegam falta de higienização e falta de respeito. Veja álgum completo aqui.

Não é de hoje que passageiros reclamam da limpeza nos ônibus municipais de Taboão, os mesmos já chegaram a verem baratas andando pelas laterais dos transportes, como relata o usuário João Mendes. “É um tremendo absurdo pagar por um transporte caro, mal cuidado e andar com baratas subindo em você”, disse. Mas a empresa alega que oferece transporte de qualidade, com conforto e respeito pelo cidadão, não foi o que o Jornal Na Net ouviu dos passageiros.

Andando um pouco mais pela região nas linhas 2, 5 e 9 a cada parada se ouve uma reclamação de alguém, algumas falam da maneira como os motoristas tratam os usuários, outras do valor da tarifa, mas em todas as reclamações a sujeira impera entre aquilo que mais incomoda os passageiros, como observa a passageira Ângela Guedes. “Aqui o transporte é caro, motorista é cavalo, e os ônibus são verdadeiros cacos sujos”, afirmou a usuária. 

“É sempre assim, sujo com cheiro de que nunca é lavado e demora de vinte minutos, quando quebra é mais de meia hora”, contou Maria da Paz Carvalho de 58 anos, moradora do bairro Jardim São Salvador. Lúcia Ribeiro, moradora do Leme, contou que são constantes os trancos que os motoristas dão nos ônibus. 

Hoje as únicas empresas que atendem ao transporte público de Taboão da Serra, pertencem ao mesmo grupo de sócios, são elas Pirajuçara e Fervima. A população diz que falta sentimento dos empresários para cuidar dos clientes [passageiros], pois o transporte público atende gente e não é gratuito, como disse a dona Albertina Silva. “Eu tenho 69 anos, e mereço um transporte que atenda minhas necessidades, conforto, é simples”, relatou.

As críticas à qualidade do transporte público em Taboão da Serra são recorrentes. O valor alto da passagem contrasta com a qualidade dos veículos, superlotação, reclamações constantes sobre o itinerário, descumprimento de horário e a pouca quantidade de veículos nas linhas de maior demanda. 

Outro problema constantemente destacado é a ausência de cobrador nos ônibus da empresa, que obriga os motoristas a acumular a função do mesmo, muitas vezes pondo em risco a segurança dos passageiros.

Procuramos as empresas para esclarecer as denúncias dos passageiros, mas o telefone apenas chamou durante todo o fechamento da matéria.

Fotos repórter Karen Santiago

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.