Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Vereadores aprovam convênios e discutem assuntos genéricos em Itapecerica

Por | 4/09/2013

camara1

Karen SantiagoDuas matérias do Jornal pautaram sessão desta terça-feira (3)

As discussões sobre saúde, trânsito, segurança e problemas pontuais em alguns bairros deram o tom da sessão da Câmara de Itapecerica da Serra, na noite desta terça-feira, dia 3. Além dos debates, críticas e alfinetadas, os vereadores também aprovaram Leis que celebram convênios com o Detran e Bradesco, ainda a redução de alíquota e adequação da base de cálculo de ISS referente aos cartórios extrajudiciais. Duas matérias publicadas entre domingo e segunda desta semana no Jornal na Net também acabaram pautando a sessão.

Os vereadores usaram a tribuna para pedir por mais segurança e policiamento na região central devido aos diversos assaltos em comércios relatados com exclusividade pelo portal (relembre aqui). Eles também discorreram sobre as obras de contrapartida do shopping, que devem ser feitas até o dia 22 de outubro, caso isso não ocorra o promotor de justiça, Gustavo Albano não irá permitir a inauguração do empreendimento, segundo entrevista ao Jornal (veja mais aqui) e ainda, a necessidade de outras alternativas, como o viaduto perto do Rampas.

Hércules da Farmácia foi o primeiro a falar sobre a segurança. De acordo com ele alguns dos assaltos aconteceram durante o dia. Ele pediu pela ampliação de rondas e lembrou que no começo do mandato apresentou indicação que pedia uma base da Guarda Municipal na região central. “O imóvel já pertence à prefeitura na Major Teles. Há efetivo, viaturas. Porque vai garantir mais sensação de segurança aos comerciantes e moradores. O ex-secretário havia sinalizado a implantação da base lá”, afirmou.

Gerson Lazarin foi categórico ao afirmar que junto aos acontecimentos (assaltos) vê o congresso não conseguindo cassar o mandato de Natan Donadon condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a mais de 13 anos de prisão pelos crimes de peculato e formação de quadrilha e a “frouxidão” dos governos do Estado e Federal. Para ele, os bandidos estão se sentindo tranquilos para atuar, “porque sabem que não vai dar em nada”, afirmou. Ainda, segundo ele pode colocar a base da GCM que os bandidos vão efetuar assaltos na frente deles (guardas e policiais). “Se não for duro com o crime, não adianta colocar polícia na rua. Não vai melhorar a segurança”, opinou.

Já, o vereador pastor Hernandes discursou sobre a viagem que fez com Cícero Costa e o prefeito Amarildo Gonçalves, o Chuvisco a Brasília. Ele afirmou que a visita resultou na possível conquista junto aos ministérios, do viaduto que será feito próximo ao Rampas, caso não o seja, o vereador cogitou manifestação na Rodovia Régis Bittencourt, em prol da obra. “Acredito que vá sair. Deixamos claro que se não fizer temos que usar outros mecanismos, como parar a BR, não de forma violenta”, disse. 

Ressaltando o viaduto como forma de melhorar o trânsito, ele lembrou da inauguração do shopping [prevista para 50 dias, dia 22 de outubro] e levantou a questão de como ficará o trânsito. “Temos que agilizar as obras”, pontuou. Em seu discurso, logo no início da sessão, ele afirmou que não há mais nenhum impedimento na obra da ampliação da rua Ary Batalha. “Está tudo legal, obra será concluída”, informou. Ainda, segundo ele nos ministérios dos Esportes, recebeu a notícia de que três campos de futebol com gramado sintético podem ser feitos na cidade. “Vai ser um avanço, salto de qualidade”, afirmou. 

Em relação à saúde o edil observou que está precário o serviço, “antes tinha falado do Hospital, agora é dos PS. Prédios têm. Apresentei requerimento para a UBS do Parque Paraíso ficar aberta até meia noite. Mas, se até às 17h não tem médicos, imagina até meia noite”, comentou. Ele parabenizou o programa mais médicos do governo Federal, o qual trará 21 médicos para cidade distribuídos em três UBS’s.


Sangbom salientou a fiscalização do promotor Gustavo Albano em prol das três obras de responsabilidade do Shopping, parabenizando-o e dizendo que o promotor está de olho.  Partiu dele também críticas à absolvição do parlamentar e ao mensalão. O vereador também levantou a discussão em relação a um empréstimo de um carro pipa da prefeitura para lavar uma rua central de Juquitiba. “Isso é uma vergonha. Enquanto moradores necessitam de água, pede mais não vai”, disse. De acordo com ele, “temos [funcionários da prefeitura] que fazer a lição de casa primeiro. Se estivéssemos em situação favorável tudo bem”, argumentou.

Ele denunciou os bota-foras, inclusive um no centro e outro no bairro da Lagoa e afirmou “que se o morador precisar de máquina para tirar terra, não pode porque é serviço particular”. Sangbom ainda deu um recado para o Chuvisco “põe os seus secretários para trabalhar. Tem gente ruim demais e dá uma volta na cidade muitos estão com saudade de você”. 

Em resposta ao discurso de Sangbom, José Martins disse que o vereador quer saber onde está o prefeito “mas não sabe se não o vê mais porque parou de andar. Porque ele foi mais de dez vezes a Brasília até agora, visita as Câmaras, atende, vai para a rua”. De acordo com ele, se inaugura o Shopping piora trânsito, outros já gostam. “É uma grande conquista para Itapecerica. Por exemplo, o MC Donalt’s e Lojas Americanas só vêm para Itapecerica se tem retorno. Então posso concluir que Itapecerica tem dinheiro”, opinou. Martins frisou que “vamos ter problemas com o trânsito, carga, descarga, segurança. Todos os tipos de problemas da cidade grande. Vamos criar vias alternativas, viadutos. Depois de recapeamento nas ruas como a Guacy Fernandes, vai ter buracos. Vamos tentar a ter lógica, ajudar a cidade a crescer”, alfinetou.

Ele continuou as alfinetadas. “Juquitiba é a cidade filha de Itapecerica. Nosso orçamento é maior que o deles. Tratar Itapecerica como um inferno não cola. O prefeito não vai fazer tudo mesmo”, disse. O vereador contou uma história de que Chuvisco explicava alguns problemas enfrentados na cidade para o prefeito de Embu, Chico Brito e na ocasião, Brito deu uma estrutura metálica para fazer uma ponte “quero ver se algum vereador foi reclamar na tribuna. Esse tipo de raciocínio só leva a mesmice”, frisou.

Ainda, segundo ele óbvio que não pode tirar de terreno próprio (em benefício de alguém e sim do coletivo). “Além de ilegal. Esse cidadão vai precisar de demanda social, saúde e educação. Um vereador nem deveria falar isso na tribuna”, opinou. E completou: “Se abrir à tribuna para falar coisas ruins. Não é hora, lugar a não ser que proponha algo positivo”. 

No final da sessão Cícero Costa seguiu a mesma linha de Martins. Antes, porém decidiu discursar sobre a segurança. Segundo ele, a melhor forma é se fazer base, mais “temos 25º Batalhão que pagamos água, luz, telefone e não tem resultado nenhum. Também temos a 2ª companhia que ajudamos como podemos. Não é a GCM que tem que fazer esse trabalho e sim a polícia militar”, opinou. Sobre o trânsito, ele afirmou que as obras dos três viadutos se iniciam esse ano, falou ainda  sobre a pavimentações de ruas e alça de acesso do Rodoanel que talvez seja no Valo Velho.

Além disso, falou sobre o Instituto Federal, que o projeto já está pronto e dentro de dez dias a licitação estará concluída. “Entre dezembro e janeiro as obras começam. Em quatro salas vazias os cursos serão ministrados, até as obras serem concluídas”, pontuou.

Partiu dele também explicações sobre a “ajuda” oferecida a Juquitiba. “Não foi como colocado. Tinha que ser feito limpeza no centro. Prefeito pediu ajuda de ceder caminhão, Chuvisco ligou não podia ir à hora que precisava, porque o caminhão estava abastecendo escolas e casas que sofrem sem o abastecimento de água”, disse. De acordo com ele, a cidade já foi socorrida pelos prefeitos de São Lourenço e Embu-Guaçu com um Apratol e carregadeira, respectivamente, uma vez que as regionais do Potuverá e Jacira não tinham.

“Isso é uma parceria. Não está fazendo nada de ilícito. Chico cedeu, mais ainda não fomos buscar porque a prefeitura não tem um caminhão prancha. Essa ajuda tem que ter”, afirmou.



18/10/2017

Taboão teve sessão histórica para as mulheres e com aprovação de leis

O grito silencioso das mulheres vítimas de violência ecoou com força e fez da sessão desta...

17/10/2017

Reforma eleitoral abre espaço para propaganda paga em sites

A reforma eleitoral, aprovada no Congresso Nacional e sancionada recentemente pelo presidente...

15/10/2017

Ney Santos fará reforma no governo de Embu, João Ramos deixará prefeitura

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos (PRB) vai anunciar nos próximos dias uma reforma...

13/10/2017

Câmara Municipal aprova reajuste de abono para servidores

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram na última terça-feira, dia 10, por unanimidade, um...

11/10/2017

Convenção realizada no domingo elegeu novo diretório do PSDB de Itapecerica

O diretório municipal do PSDB de Itapecerica da Serra realizou, no último domingo (8 de...

11/10/2017

STF deve decidir hoje se Congresso pode rever medidas contra parlamentares

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve decidir hoje (11) se parlamentares podem ser afastados do...

11/10/2017

Analice intercede por liberação de recursos para Embu das Artes

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos e a deputada estadual Analice Fernandes participaram de...

10/10/2017

Ney Santos lança Cartão Cidadão prometendo economia de recursos públicos

Anunciado como a maior ferramenta de gestão tecnológica de dados de toda a região, o Cartão...

10/10/2017

Parecer do relator de denúncia contra Temer deve ser lido nesta terça

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.