Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Professores de Embu fazem ato contra mudança na data de pagamento

Por Sandra Pereira | 30/08/2013

sindi

Sandra PereiraServidores públicos de Embu fizeram protesto após anúncio de que salários serão pagos no dia 6 de setembro

Professores da rede municipal de Embu das Artes realizaram durante toda a manhã desta sexta-feira, 30, em frente a prefeitura de Embu das Artes protesto contra a alteração na data de pagamento dos seus vencimentos. Já faz quase uma década que os salários dos servidores públicos era pago no final de cada mês. Por meio de nota a prefeitura informou na tarde da quinta-feira, 29, a alteração da data para o 5º dia útil do mês conforme consta no artigo 144 do Estatuto dos Servidores Públicos do Município de Embu das Artes, Lei Complementar nº 137, datado de 12 de março de 2010.Os servidores ameaçam decretar greve. 

 A prefeitura alega que a mudança na data de pagamento deve-se à crise financeira que está comprometendo os repasses feitos à cidade. A nota diz que o pagamento de salários será feito no dia 6 de setembro, já os benefícios como cesta básica e vale-transporte estarão garantidos a partir de segunda-feira, 2 de setembro.

“No período de 2004 a 2008, a arrecadação municipal cresceu em média 38%. Já de 2009 a 2012, o crescimento foi de apenas 18%. Considerando ainda a crise econômica mundial, que atinge também o nosso País e compromete o repasse de verba do governo federal aos municípios, torna-se necessária a readequação orçamentária para continuarmos honrando nossos compromissos com servidores, fornecedores e população”, traz a nota da prefeitura. Leia aqui a íntegra.

Os servidores criticam o fato da alteração na data do pagamento só ter sido comunicada na véspera. Eles alegam que por conta disso vão enfrentar problemas com pagamento de contas pessoais com juros e multa. 

“A prefeitura até poderia mudar a data de pagar. Agora avisar isso pra gente na véspera é um absurdo. Isso não se faz. É falta de respeito”, reclamou uma servidora. 

Uma outra também defendeu que a prefeitura deveria ter antecipado a informação evitando que os servidores prejudicassem o pagamento de suas contas pessoais. “Se a gente soubesse antes podia ter se programado. Tentado trocar as datas de vencimento das contas. Porque na verdade a gente recebe e já sai pagando tudo”, contou. 

O presidente do sindicato dos servidores públicos de Embu das Artes foi recebido no protesto em frente da prefeitura com vaias e gritos de “vendido”. Alguns servidores mais raivosos chegaram a bater boca com ele. Mas o presidente alegou ter sido tomado de surpresa com a decisão.

Numa nota entregue no ato o presidente se disse indignado com a medida que afeta a vida de mais 4.500 famílias. “Este Sindicato tomará as medidas as medidas judiciais cabíveis”, diz a nota da entidade. 

Já a prefeitura informa que pretende reduzir custos com contas de água, luz, telefone e serviços e fala até na redução de cargos indicados.




Neusa

É um absurdo mesmo isso que o Prefeito de Embu fez com os funcionarios será que se ele não tivesse contratado tantos comissionados com cargo tão alto para não fazer nada e receber as custas de quem trabalha duro ,talvez não tivesse passando por isso com os coitados que são concursados e ganharam uma miséria.

douglas dos Santos

Que absurdo toda vez a mesma historia ele vai mandar os cargos menores embora e deixar aqueles cargos que ganham milhões e não fazem nada, só coçam o dia todo, com esse dinheiros de salários de comissionados daria p/ fazer tanta coisa mais o ilustríssimo Prefeito faz questão de pagar p/ pessoal vir passear, virou piada.

Roberto Guidon

Prefeito Chico Brito e sua corja são palhaços mas acham que os servidores é que tem que usar o nariz...compra palmeiras "raras a mais de 20 mil reais cada unidade pra que? agora quer tirar até o papel higiênico dos funcionários? Bota tua cara da rua, Chico Brito, que vc vai ver o que é bom! Respeite seus eleitores e funcionários!

professor Toninho

Quero manifestar aqui toda a nossa solidariedade e apoio aos servidores municipais de Embu das Artes, que foram brutalmente atacado em seus direitos de trabalhadores ao ficarem sem pagamento no último de 30. Amanhã estarei com eles em frente à prefeitura. Professor Toninho- Presidente do PSOL de Embu e Conselheiro Regional da APEOESP.

inconformado

, fico muito triste em ver uma administração que vinha a todo vapor fazer uma M...a dessas justo agora .... pois desde Geraldo Cruz e Jorge Costa em Itapecerica da Serra somente estas duas cidades é que sempre tiveram credito e tinha-se as contas em ordem e os investimentos eram vistos por todos os cantos das cidades pois as demais cidades vizinha só escândalos e vergonha agora Embu começa a parar e Itapecerica Já parou desde Janeiro deste ano que pena.

carlos

Ai tem, pode investigar. Um prefeito mexer na folha é a ultima alternativa. A previsão de gasto com pessoal já estava programada no orçamento passado, então como ele não previu a queda da arrecadação? só se for incompetente. Outra coisa é que pode ter acontecido do orçamento passado ter sido inflado (aumentaram a previsão de arrecadação), isto pra que o prefeito pudesse contrair mais dívidas/empréstimos. Agora que o Tribunal pegou ficou evidenciado que o municipio está quebrado. CPI já. Cadê os vereadores? ou estão comprados?

Márcio Amendola de Oliveira

Prezados, Fui funcionário do governo municipal até maio de 2013. O que percebi no início do ano foi uma grande incoerência, ou seja, por um lado a prefeitura fez um ajuste de conduta com o Ministério Público, reduzindo cargos de confiança e fazendo propaganda de que "economizaria 6 milhões" com a tal redução de cargos, que só ocorreu por pressão da Justiça. Por outro lado, o prefeito criou em janeiro DEZENAS de cargos novos sem concurso, alguns deles com salários de R$ 12 mil! Fazendo contas por alto notei que tais cargos custarão aos cofres municipais quase R$ 4,5 milhões por ano. Ou seja, driblou a decisão judicial e continua com a máquina inchada de assessores com atribuições incompreensíveis ao contribuinte que, como eu, paga seu suado IPTU, cada vez mais caro. Agora essa decisão de atrasar salários. Lamentável! Att Márcio Amêndola de Oliveira

Embu Sem Artes

Um absurdo os funcionários saberem por seus colegas que no dia segiunte não haveria pagamento. Pois a Prefeitura colocou a nota no site horas antes do pagamento e não avisou por meio de comunicado ou papel oficial as unidades. Muitos ficaram sabendo hoje ao ir pagar contas!!!

27/04/2017

Justiça concede liminar para tentar barrar greve geral em ônibus e metrô

Numa tentativa clara de barrar a greve geral contra as reformas da Previdência e Trabalhista,...

27/04/2017

Câmara aprova proposta de reforma trabalhista; texto segue para o Senado

Após quase 14 horas de sessão, a Câmara dos Deputados concluiu, na madrugada desta quinta-feira...

26/04/2017

Vereadora Priscila Sampaio fará pedágio contra o jogo Baleia Azul em Taboão

Preocupada com a disseminação do trágico jogo virtual baleia azul, que já levou vários...

26/04/2017

Vereadores de Taboão aprovam regulamentação do uso da sede da Câmara Municipal

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram por unanimidade na sessão desta terça-feira, 25,...

26/04/2017

Senado aprova em 1º turno fim do foro privilegiado de políticos e autoridades

Senado aprovou nesta quarta-feira (26), em primeiro turno, a proposta de emenda à Constituição...

26/04/2017

Temer decide cortar ponto de servidores que entrarem em greve

O presidente Michel Temer decidiu que cortará o salário dos servidores que participarem da greve...

25/04/2017

Bom Prato de Taboão começa a funcionar nesta quarta (26) com almoço a R$ 1,00

O prefeito de Taboão da Serra, Fernandes Fernandes Filho, anunciou no começo da noite desta...

22/04/2017

Taboãoprev presta contas de 2016 em audiência da Comissão de Finanças da Câmara

A Autarquia Previdenciária do Município de Taboão da Serra (Taboãoprev) realizou prestação de...

28/04/2017

Manifestantes fecham Régis param a região por causa da greve geral

A greve geral deflagrada em protesto contra as reformas da previdência e trabalhista...

28/04/2017

Ônibus intermunicipais param em adesão a greve geral contra as reformas de Temer

Os moradores de Taboão da Serra, Embu das Artes e Itapecerica da Serra que utilizam o transporte...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.