Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Médica selecionada para Taboão é suspensa por suspeita de tráfico

Por | 21/08/2013

mais_1

DivulgaçãoPrograma selecionou médica, porém a suspendeu após suspeitas

A médica sérvia Jelena Cvetkovic selecionada na primeira fase do programa Mais Médicos para atuar na rede básica de saúde da cidade de Taboão da Serra, teve sua convocação suspensa para que a Polícia Federal avalie a sua situação, já que ela é acusada de tráfico internacional de drogas no Brasil. O anúncio da suspensão foi feito pelo Ministério da Saúde na última segunda-feira (19).

Na lista, somente a cidade de Taboão constava como “prioridade” do programa, uma vez que foi a única cidade selecionada para receber um médico. Antes da seleção, estavam previstos para Itapecerica e Embu, cerca de 21 médicos, porém a informação não havia sido confirmada pela secretaria de Saúde do estado de SP. A cidade de Itapecerica cadastrou três Unidades Básicas de Saúde para receber os médicos, já Embu seis. 

Os municípios de São Lourenço da Serra, Embu-Guaçu, Juquitiba, Cotia e mais seis cidades da região Oeste da Grande São Paulo também estavam inscritos no programa para receber mais médicos. E devem aguardar para a 2ª chamada, por meio do programa. A falta de profissionais da saúde é alvo de constantes críticas feitas pelos pacientes das cidades, como já reportado em várias matérias anteriores do Jornal na Net

Jelena responde ao processo em liberdade provisória, depois de obter um habeas corpus. Atualmente, segundo o ministério, ela está na Sérvia e foi um dos 358 estrangeiros selecionados para o programa, de acordo com lista divulgada na semana passada.

O Jornal na Net questionou o Ministério da Saúde sobre a médica nesta quarta-feira (21). Em nota, a pasta disse que Jelena “enviou todos os documentos necessários para a finalização do cadastro ao programa”, incluindo uma certidão de “nada consta” de antecedentes criminais na Sérvia (seu país de atuação em medicina) e outra, “emitida no dia 25 de julho de 2013 pela Secretaria de Segurança Pública do Governo do Estado de São Paulo”, diz a pasta.

Desde segunda-feira (19), no entanto, a sérvia já estava temporariamente retirada da lista do programa. O ministério informou que enquanto não sair uma avaliação da PF quanto à situação da estrangeira, ela fica suspensa.

Entenda o caso de Jelena

Jelena foi presa em 2004, em decorrência de uma ação da Polícia Federal na Grande São Paulo contra o tráfico internacional. Na época, ela chegou a ser condenada pela Justiça a quatro anos de prisão - a sérvia ficou cerca de dois anos presa, até 2006, quando o Superior Tribunal de Justiça (STJ) anulou a sentença, acatando pedido de habeas corpus de seu advogado.

O objetivo da operação policial era “desbaratar uma quadrilha formada por sérvios que pretendia se instalar no Brasil para praticar o delito de tráfico internacional de entorpecentes”, segundo documento do STJ com decisão favorável ao pedido de habeas corpus da sérvia.

A ação que levou à detenção de Jelena, em 2004, prendeu pelo menos cinco sérvios e um brasileiro, afirma a Justiça Federal. Ela e o grupo estavam sob “vigilância ininterrupta” da PF, de acordo com o documento do STJ. A PF chegou a Jelena, que foi detida em um hotel. Ela disse que suas vindas ao Brasil, na época, ocorreram para uma cirurgia nos olhos, de acordo com o documento do STJ.

Programa mais médicos

O programa Mais Médicos é a principal aposta do governo federal para melhorar a saúde básica em cidades com dificuldades para contratar médicos. Criou polêmica ao abrir a possibilidade de contratar estrangeiros sem a validação do diploma no Brasil. 

Com informações de g1.globo.com

19/10/2017

Campanha “Olhar do Bem” continua recebendo doação de óculos

Uma iniciativa do Fundo Social de Solidariedade e das Óticas Panamby vem ajudando pessoas com a...

16/10/2017

Luzia Aprígio realiza 7ª campanha Outubro Rosa em Taboão da Serra

Em adesão ao movimento mundial “Outubro Rosa”, pelo sétimo ano consecutivo, Luzia Aprígio...

13/10/2017

Alunas de Massoterapia realizam atividade com o público

Visando colocar em prática todo o conteúdo das aulas, a Escola de Moda, Beleza e Estética do...

13/10/2017

Vereadoras de Taboão se unem em alerta contra o Câncer de Mama

As quatro vereadoras de Taboão da Serra se uniram em apoio a campanha contra o Câncer de Mama. A...

06/10/2017

Prefeitura realizou palestras sobre a prevenção e conscientização do câncer

A Prefeitura de Taboão da Serra, através da Secretaria de Saúde e da Coordenadoria dos Direitos...

04/10/2017

Coordenadoria dos Direitos da Mulher realiza palestra sobre Prevenção ao câncer

A Coordenadoria dos Direitos da Mulher, irá realizar nesta quinta-feira, 5, uma palestra sobre...

03/10/2017

Atualização de vacinas continua nas unidades de saúde em Embu das Artes

A Secretaria Municipal de Saúde de Embu das Artes continua atualizando a carteira de vacinação...

03/10/2017

Shopping Taboão tem instalação artística no Outubro Rosa

O Shopping Taboão está com instalação artística para chamar a atenção para o diagnóstico precoce...

02/10/2017

Ministério da Saúde repassa R$ 30,4 milhões para combate ao Aedes aegypti

O Ministério da Saúde liberou em setembro R$ 30,4 milhões referentes à segunda parcela de...

19/10/2017

Campanha “Olhar do Bem” continua recebendo doação de óculos

Uma iniciativa do Fundo Social de Solidariedade e das Óticas Panamby vem ajudando pessoas com a...

19/10/2017

Embu recebe espetáculo de dança que investiga processos de autorreconhecimento

No próximo domingo (22/out), o Teatro Popular Solano Trindade recebe o espetáculo de dança...

19/10/2017

Polícia Militar abre concurso para formação de oficiais

A Polícia Militar do Estado de São Paulo abriu inscrições para a realização de concurso público...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.