Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Vereadores não pouparam críticas aos secretários municipais na sessão de Embu

Por | 14/08/2013

camara1_1

Adilson Oliveira - CMETEA Doda chegou a criticar o não funcionamento do semáfaro na rotatória do Pq Pirajuçara, há dois meses

As habituais sessões em clima de tranquilidade da Câmara de Embu das Artes tiveram um desfecho diferente nesta quarta-feira, dia 14. Os vereadores Edvânio, Carlinhos e Doda não pouparam críticas a alguns secretários da cidade, entre eles o de Trânsito e Transporte, Carlos Pereira. O motivo seria o não atendimento dos requerimentos e ofícios encaminhados pelos vereadores, nem ao menos ter realizado a pintura de uma faixa de vaga destinada a deficientes e idosos, em frente à Casa de Leis.

“Fico preocupado. Porque se nem aqui na frente da Câmara não se faz, imagina no restante da cidade”, disparou Edvânio. Partiu dele também a cobrança da construção de uma rotatória no São Marcos, próxima aos apartamentos que serão entregues no domingo para mais de 220 famílias, onde acontecem muitos acidentes, segundo ele. Carlinhos aconselhou o prefeito Chico Brito a puxar a orelha dos secretários para atender melhor esses vereadores. 

O presidente da Casa, Doda observou que as pessoas que estão no serviço público devem estar preparadas para receber elogios e críticas. Avaliou que os serviços precisam melhorar caso contrário “trava a administração pública” e ainda comentou sobre a implantação de um semáforo na rotatória do Parque Pirajuçara, há dois meses que não funciona e a prefeitura “precisa” pagar funcionários para fazer a travessia de forma segura. Ele preferiu não comentar nomes, disse que ainda não é o momento certo e, além disso, levantou a discussão sobre o carro sem identificação que fica colhendo multas em vários lugares da cidade. “Sou representante do povo e respondo pelo anseio da comunidade”, afirmou.

Júlio Campanha chegou a ressaltar as reuniões feitas com os secretários, aconselhando que essas dificuldades sejam levadas para serem discutidas em reunião, porém Carlinhos afirmou que nem todos os vereadores são da base e que não é convidado para as reuniões e Doda debateu: “Tem as reuniões, mas têm assuntos que não chega ao prefeito. Cheguei a levar alguns ao prefeito, mas ele não estava sabendo”, alfinetou.

Os vereadores votaram favoráveis durante a sessão aos projetos de Leis que institui o Dia do Comerciante e do Samu a serem comemorados todo dia 16 de julho de cada ano. A alteração de área de posse para propriedade que condiz com Convênio firmado entre a prefeitura e a Caixa Federal. Convênio para reforma de escola, a inserção de texto informativo no carnê de IPTU sobre os benefícios da isenção total ou parcial nos casos previstos em lei e ainda, isenção nos juros do IPTU – 100% no caso de parcelamento até cinco vezes e 50% para parcelamento acima de cinco vezes. 

“Os aposentados, pensionistas e pessoas com necessidades especiais não precisam pagar IPTU, porém acabam pagando porque não sabem desse benefício, o texto informativo no carnê vai facilitar esse entendimento”, explicou o autor da Lei, vereador Edvânio.

No final da sessão, 21 indicações e um requerimento foram aprovados.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.