Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Novo modelo “digital on line” da Zona Azul de Itapecerica surpreendeu até vereadores

Por | 14/08/2013

secretario

Secretário Cleber afirmou que vai sugerir retorno do antigo modelo da Zona Azul ou a implantação dos parquímetros

O novo modelo “digital on line” da Zona Azul de Itapecerica da Serra pegou até mesmo os vereadores e funcionários públicos da cidade de surpresa. A cobrança, por meio do novo sistema, começou no dia 31 de julho e está em adaptação até dia 28 deste mês. Segundo os entrevistados, as mudanças só foram conhecidas por meio de informações dos moradores e comerciantes locais, não pela administração pública. Motoristas também ficaram perdidos com as mudanças.

O secretário de Trânsito, Transporte e Segurança, Cleber Bernardes disse não concordar com o novo sistema. Ele defendeu que a Zona Azul é importante para o estacionamento rotativo, porém vai pedir para a empresa voltar a cobrar da maneira como era anteriormente [com talões] ou a implantação de parquímetros. A extinção da cobrança não foi cogitada por ele, “afinal não tem rejeição, tem que melhorar o serviço”, afirmou. 

O Jornal conversou com alguns vereadores nas duas últimas sessões. “Fiquei sabendo por que sou comerciante, e eles [funcionários da Zona Azul] passaram oferecendo ao comércio o novo modelo da cobrança. Não quis”, disse o vereador Hércules da Farmácia. Ele também afirmou que os vereadores não vão se furtar da discussão de qual o melhor modelo do estacionamento rotativo.

O presidente da Casa e também vereador Cícero Costa afirmou que a nova cobrança pegou de surpresa muitos munícipes. Ele ressaltou que tem conhecimento de apenas dez postos conveniados e alguns deles, segundo Costa, são afastados, pouco conhecidos pelos motoristas e, ainda perigosos “em lugar ermo” – “colocando em risco a vida de muitos motoristas”, afirmou.

De acordo com Cícero a ideia é agendar o mais breve possível uma reunião a fim de debater qual a melhor solução para a cobrança da Zona Azul. Os vereadores pretendem apresentar possivelmente duas alternativas na questão: a implantação de parquímetros ou a suspensão da cobrança.

Também não partiu da prefeitura, a entrega dos folhetos com os endereços dos postos conveniados, conforme apurou o Jornal na Net. A distribuição foi feita pelos funcionários da empresa “Dinâmica Administração e Representação LTDA”, responsável pela cobrança do estacionamento rotativo do município. Funcionários da empresa se recusaram a conceder entrevistas, chegando a serem rudez em determinados momentos.

Além da não entrega dos folhetos com os endereços, os moradores e comerciantes da cidade afirmaram que nenhuma faixa antecipada com as explicações do novo modelo serviu de aviso, antes do início da cobrança. Motivo esse que resultou na falta de informações dos motoristas, vereadores e funcionários públicos, e dificuldade de manuseio do novo modelo nos primeiros dias de cobrança, por parte dos comerciantes. A reportagem apurou ainda que nem ao menos o verso do canhoto consta explicações de funcionamento ou os endereços dos postos conveniados, uma vez que está em branco.

Em resposta aos questionamentos da reportagem, o ex-secretário da pasta, Sérgio Doi assumiu a falha da não divulgação de maneira ampla do novo sistema de cobrança na cidade. Ele afirmou que a empresa “Dinâmica Administração e Representação LTDA”, era responsável pela divulgação, uma vez que é a detentora de contrato com a municipalidade. 

“Os fiscais da empresa distribuíram e colocaram folhetos em pára-brisas dos veículos”. A tarefa também foi feita pelos agentes de trânsito’, pontuou. 

A nota pontua que o novo sistema não traz maiores dificuldades ao cidadão e ainda esclarece que até o dia 28 de agosto os fiscais estarão ainda vendendo os talões em lugares estratégicos e orientando quanto ao novo sistema “motivo revelador que nenhum cidadão será prejudicado de forma indiscriminada”.

Por fim, a nota sinalizou contrária a implantação de parquímetros no município. Afirmando não haver nenhum estudo. O motivo seria o alto custo do equipamento podendo ser alvo de vandalismo “causando prejuízos consideráveis”.

O secretário também divulgou os 22 endereços de postos conveniados para a cobrança de Zona Azul confira: Três deles na avenida XV de Novembro: Papelaria Ponto 4 (nº 928 – loja 1), KMF Elétrica (nº 271) e Esquina da Pizza (nº 428). Dois no Largo da Matriz: Água Viva Purific (nº 02) e K Legal Rest (nº 48). E demais endereços um: Casa de Ração Garcia (rua José Rother Domingues, 41), Revistaria da Serra (Praça João Pessoa, 03), Ágape Livraria (rua Augusto de Queiroz, 25), Casa de Bateria (rua Vitória, 11), TJ Com Doces (rua Inácio Pereira dos Santos, 40), Iro Iro Doces (rua Ladeira Capitão de Moraes, 72), Associação Comercial (rua Luiz Goma, 23 – sobreloja), Cine Lan (rua Major Telles, 169) e Leagua (rua São João, 48).

Conheça o novo modelo de cobrança:

O motorista precisa ir até um dos doze funcionários da Zona Azul, nos postos conveniados, ou ainda em comerciantes locais. Passar a placa, falar o período de permanecia do veículo na vaga e, segundos depois recebe o canhoto. O motorista tem apenas 10 minutos para adquirir a cobrança, caso passe esse tempo, será notificado e posteriormente multado em R$ 53,20. A multa só será aplicada se a notificação não for cancelada, em qualquer posto conveniado. O tempo que o veículo pode ficar estacionado em uma vaga, também mudou para 2 horas no máximo.

A cobrança é impressa por meio de uma máquina e a placa anotada em um celular. A máquina é bem semelhante às utilizadas para passar os cartões bancários. O canhoto consta a placa do veículo, o valor cobrado e o tempo de permanência na vaga.

07/12/2017

Prefeitura de Taboão fecha cerco a publicidade irregular em abrigos de ônibus

Em vigor há quase 10 anos, o Código Tributário de Taboão da Serra (Lei Complementar Nº...

04/12/2017

Brasil sedia encontro internacional para discutir despoluição dos transportes

O primeiro Encontro Internacional sobre Descarbonização do Transporte reunirá em Brasília, a...

03/12/2017

Loja do Cartão Bom de Itapecerica fecha as portas e usuários são prejudicados

Usuários foram surpreendidos com a notícia do fechamento da loja do Cartão Bom de Itapecerica da...

30/11/2017

Governador promete que IPVA 2018 será mais barato em São Paulo

O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) ficará mais barato em São Paulo em...

27/11/2017

Setram multa Fervima após ônibus circular perder janela durante viagem

A secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana multou em mais de R$ 9 mil a empresa Viação...

17/11/2017

Licenciamento: novembro é o mês de veículos com final 9

Os proprietários de veículos com placa final 9 já podem fazer o licenciamento. Já os donos de...

13/11/2017

Congonhas reabre após ter 34 voos desviados por causa de drone

O Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, reabriu hoje (13) normalmente, após ter 34...

13/11/2017

Em sua 1ª edição, POP Run reúne mais de 600 corredores nas ruas de Taboão

Mais de 600 corredores profissionais e amadores participaram na manhã deste domingo (12) da 1ª...

13/11/2017

Moradores se unem e deputada Analice consegue reverter paralização da linha 029

A máxima de que o povo unido jamais será vencido virou realidade na última sexta-feira, 10,...

12/11/2017

Moradores do Jardim Clementino, Guaciara e Roberto em Taboão reclamam de buracos

A população de Taboão da Serra, entre os bairros do Jardim Clementino, Jardim Guaciara e Jardim...

14/12/2017

Governo libera hoje abono salarial de 2016 para nascidos em dezembro

O Ministério do Trabalho liberou hoje (14) o pagamento do abono salarial do PIS/ Pasep ano-base...

14/12/2017

Definido calendário escolar para o ano letivo de 2018

Foi divulgado na noite desta quarta-feira (13), o calendário escolar para 2018. O ano letivo...

14/12/2017

Deputada Analice anuncia reformas em Escolas Estaduais de Taboão

Depois de uma reunião com o presidente do FDE - Fundação para o Desenvolvimento da Educação,...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.