Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Idoso é acusado de violentar brutalmente menina de 11 anos no Embu

Por Sandra Pereira | 12/08/2013

dp_embu1

Sandra PereiraOcorrência foi apresentada na Delegacia central da cidade

Uma menina de apenas 11 anos de idade ficou internada quase duas semanas no Hospital Geral do Pirajussara (HGP) após ser brutalmente agredida e violentada por um idoso da própria vizinhança. A barbárie ocorreu no Jardim Novo Embu, na região central de Embu das Artes, no começo de agosto. O acusado não teria conseguido ter ereção e introduziu na menina pedaços de madeira que chegaram a perfurar o útero dela.

Dois homens foram detidos para averiguação sobre o crime e a polícia concluiu a autoria após reconhecimento feito pela vítima, mas a investigação sobre o caso segue em sigilo. Quem está sendo acusado pelo crime é J. G. S., 76 anos.  Ele teria atraído a atenção da menina pedindo ajuda dela para encontrar medicamentos em sua residência. De lá ele teria levado a garota para o mato onde a teria espancado e agredido sem dó.

“A menina já teve alta e fez o reconhecimento do acusado de 76 anos. Mas é um caso difícil. Não foram encontradas marcas nas mãos dele”, relatou um integrante da Polícia Civil ao Jornal na Net.

Após ser brutalmente espancada e violentada a menina foi deixada pelo agressor dentro de um saco preto no meio do mato. Populares a encontraram e acionaram a polícia militar que a socorreu até o HGP.

“Essa menina só não morreu porque não chegou o dia dela”, contou outro policial.

No jardim Novo Embu onde a menina mora com a família o caso chocou os moradores. O Jornal na Net apurou que nos primeiros dias de internação a garota sequer conseguia abrir os olhos em razão dos hematomas deixados pelo agressor.

Um homem de 60 anos conhecido na região por praticar atos de atentado ao pudor chegou a ficar  5 dias detido acusado pelo crime e foi liberado em seguida por falta de provas.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.