Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

“IPTU de Taboão pode ser reduzido”, diz imobiliária Invest Imóveis

Por Sandra Pereira | 8/08/2013

renangoriinho450

Sandra PereiraRenan Gagliard da Invest Imóveis diz que levantamento feito por imobiliárias aponta possibilidade de redução do IPTU em Taboão

O levantamento feito pela imobiliária Invest Imóveis, uma das 15 convidadas pela prefeitura de Taboão da Serra para fazer a avaliação de preço visando garantir a reformulação da Planta Genérica de Valores (PGV), aponta que é possível reduzir  o valor do Imposto Territorial Predial e Urbano (IPTU) na cidade. O levantamento está em fase final de elaboração. A Invest Imóveis ficou ­­responsável pelo levantamento na região do Parque Pinheiros, Jardim Record, Saporito e Pirajuçara.

“Pelo trabalho que fizemos já dá pra adiantar que é possível sim reduzir o IPTU em Taboão. Fizemos uma extensa avaliação técnica e  fica claro que dá pra reduzir o valor do IPTU na região que nós pesquisamos Estamos finalizando o estudo e nos próximos dias vamos encaminhar o resultado à prefeitura”, afirma o diretor da Invest Imóveis, Renan Gagliard.

De acordo com ele  o valor médio do metro quadrado de terreno na região pesquisada pela Invest Imóveis custa entre R$  500 a 600. Já o metro quadrado da área construída nos bairros citados custa em média R$ 1.500.

“Os valores de terrenos e imóveis em Taboão estão um pouco acima do mercado na região. Isso acontece porque a cidade tem mais investimentos em habitação e apresenta melhor desenvolvimento”, afirma.

O estudo feito pelas 15 imobiliárias a pedido da prefeitura visa atender uma das principais propostas do seu plano de governo: a redução do IPTU em Taboão da Serra.

De acordo com o diretor da Invest há tempo hábil para que o imposto seja lançado com valores mais baixos já em 2014. Também é isso que espera o prefeito Fernando Fernandes.

“Convocamos praticamente todas as imobiliárias da cidade. Dividimos o município em lotes  e todas estão avaliando os preços praticados nas diversas regiões”, explicou o prefeito Fernando Fernandes ao Jornal na Net. 
Ele disse que o levantamento feito pelas imobiliárias dará ao governo uma visão real dos valores de terrenos e imóveis na cidade cobrados atualmente. 

“O que a gente quer é acabar com os 50% do desconto e trazer o IPTU para o valor real. Esse levantamento das imobiliárias vai nos permitir isso”, aponta. 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.