Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Vereadores criticam falta de documentos sobre alça de saída do shopping Taboão

Por | 8/08/2013

hatchi450

Sandra PereiraPresidente da Comissão de Acompanhamento de alça de saída do Shopping critica documentos incompletos sobre o tema

Os vereadores que integram a Comissão Especial de Acompanhamento criada para cobrar a construção da alça de saída do Shopping Taboão com destino a Embu das Artes criticaram duramente a subjetividade e a imprecisão dos documentos encaminhados como resposta aos questionamentos feitos à administração municipal e ao empreendimento. Os vereadores foram unanimes em afirmar que as respostas aos ofícios solicitando documentos foram vagas, imprecisas e não esclarecem em nada as razões para a não construção da alça de saída do shopping Taboão.

“Os documentos vieram incompletos. Estávamos com a expectativa de iniciar os trabalhos e fomos frustrados. Se alguém não entendeu a seriedade dessa comissão ainda tem tempo de rever essa posição. Vamos ouvir o shopping e chamar o secretário de obras, queremos respostas concretas. O Legislativo como fiscalizador vai analisar o pronunciamento das duas partes”, avisa o presidente da Comissão, Marcos Paulo. “Estou indignado, como vereador e como cidadão”, completou.

Os demais vereadores também não esconderam a indignação diante das informações incompletas. Eles criticaram o recebimento de apenas uma página de um documento denominado Termo de Compromisso para Execução de Medidas Atenuadoras e Compensatórias. Por meio desse documento, que segundo os vereadores não tem valor legal o shopping e a prefeitura teriam tentado “trocar” a alça por uma passagem de nível na Régis.

Todos os membros da comissão foram enfáticos ao afirmar que não vão abrir mão dos documentos já solicitados sobre o tema e chegaram até a cogitar a criação de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI). Eles sinalizaram a favor da convocação do shopping Taboão para prestar esclarecimentos, além dos ex-secretários de Trânsito e Obras, há 11 anos quando o shopping foi inaugurado. O relator da comissão, Cido, chegou a cogitar o encaminhamento dos documentos para o Ministério Público Federal.

O presidente da comissão, Marcos Paulo afirmou que as respostas encaminhadas são evasivas e incompletas. “Nem a planta do primeiro projeto chegou para nós. Não abrimos mão dos documentos”, frisou. Disse estar surpreendido com a ausência de documentos “cruciais” para que possam trabalhar e ainda, ressaltou estar envergonhado pela maneira que os vereadores da comissão foram tratados. 

Para Ronaldo Onishi as respostas “vagas e imprecisas” não permitem que os vereadores “formem juízo de valor de forma concreta”. De acordo com ele  os vereadores ficam impedidos de deliberar já que os documentos não são satisfatórios. “Está claro que é compromisso sim do shopping fazer a alça de acesso no sentido Sul”, disse.

“As respostas são vagas. Das solicitações dos documentos não temos nem 10% respondidos”, afirmou o 1º secretário da comissão, vereador Eduardo Paz. “É inaceitável uma obra daquele tamanho sem ter medidas mitigatórias concretas. O mínimo que o shopping deveria fazer é construir a alça de acesso. O trânsito na cidade está cada dia mais caótico e não podemos mais calar diante da omissão do shopping”, opinou o relator Cido.

Já o vereador Moreira afirmou que “eles são impedidos de analisar os documentos porque a prefeitura não enviou” e completou: “sessenta dias eram suficientes para enviarem os documentos”.

A vice-presidente da comissão, vereadora Érica Franquini, lembrou que no período do recesso o valor do estacionamento subiu de R$ 5,50 para R$ 6,00, aumentando ainda mais a arrecadação do empreendimento.

15/11/2017

Analice Fernandes volta a presidir Alesp e marca a história das mulheres

Depois de marcar a história de Taboão da Serra como a 1ª mulher eleita deputada estadual,...

14/11/2017

Analice Fernandes reforça ações de combate a violência contra a mulher

A deputada estadual, Analice Fernandes, que assumiu pela segunda vez a presidência da Assembleia...

14/11/2017

Fórum em Taboão discute as demandas para melhorar a acessibilidade no município

A Câmara Municipal de Taboão da Serra foi palco no sábado (11) do “2º Fórum de Acessibilidade,...

11/11/2017

Presidente da OAB –SP recebe título de Cidadão Taboanense na Câmara

O advogado Dr. Marcos da Costa, presidente estadual da Ordem dos Advogados do Brasil seção São...

10/11/2017

Vem ai a 5º ação do Prefeito no seu bairro no Jr. Santo Eduardo

Neste  sábado, 11/11, à partir das 09:00 horas, com saída da Rua Panorama o Jd. Santo Eduardo...

08/11/2017

Jorge Costa recebe Campos Machado e comitiva regional em Itapecerica da Serra

O deputado estadual Campos Machado, PTB, foi recebido com festa em Itapecerica da Serra na noite...

02/11/2017

Câmara fará Sessão Solene pra entregar título ao presidente da OAB

A Câmara Municipal de Taboão da Serra realiza na terça-feira, 7, às 19h, a Sessão Solene para a...

01/11/2017

Vereadores debatem ideologia de gênero e Nóbrega comemora fala do prefeito

Os vereadores de Taboão debateram na sessão desta terça-feira, 31, a ideologia de gênero, com...

31/10/2017

Evento no Parque das Hortênsias encerrou Outubro Rosa em Taboão

Num animado evento no Parque das Hortênsias, a prefeitura de Taboão da Serra encerrou em grande...

28/10/2017

Projeto do vereador Carlinhos do Leme incentiva homens a fazer exame de Próstata

A Câmara Municipal de Taboão da Serra aprovou por unanimidade, no dia 25, projeto de lei de...

20/11/2017

Taboão terá caminhada pela paz e contra violência às mulheres dia 25 de novembro

O lançamento de uma ampla mobilização para uma caminhada histórica pelo fim da violência contra...

20/11/2017

Criança de 11 anos foi sequestrada e estuprada por acusado de crimes sexuais

Uma menina de 11 anos, que mora com os pais no Parque Paraíso, em Itapecerica da Serra, viveu...

20/11/2017

Embu Summer Fest faz festas de lançamento em Embu e Taboão

Casa do Juvino e Boteco Seu Joaquim foram as baladas escolhidas para receber as festas que dão...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.