Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Sessão da Câmara de Embu transcorre em clima de tranquilidade após recesso

Por | 8/08/2013

camara_2

Adilson Oliveira - CMETEA Presidente da Câmara Doda leu cassação de Ney Santos de forma oficial

Os vereadores de Embu das Artes retomaram os trabalhos, após um mês de recesso parlamentar na última quarta-feira (7) em clima de tranquilidade e discussões genéricas sobre a cultura Afro, conquistas no esporte e a democracia, com essas manifestações populares dos últimos meses. A sessão que aconteceu com um vereador a menos, devido à cassação de Ney Santos por "captação ilícita de sufrágio" (compra de votos) marcou a aprovação do projeto de lei de João Leite, que institui 3 de agosto como Dia Municipal do Capoeirista e a Semana Municipal da Capoeira, a ser comemorada na primeira semana de agosto como parte do calendário de eventos da prefeitura.

Os vereadores também aprovaram a abertura de Crédito Especial no valor de R$ 112.716,00 para aditamento dos recursos financeiros às entidades Associação dos Moradores do bairro da Vila Isis Cristina e Cáritas Diocesana do Campo Limpo (Santa Inês). A primeira no valor de R$ 60.825,60, já a segunda R$ 51.890,40.

Ainda durante a sessão, o presidente da Câmara, Doda comunicou a cassação de Ney Santos afirmando que “o vereador está recorrendo para ver se recupera o mandato. Isso deve acontecer nos próximos dias”, afirmou. Uma nova recontagem de votos para definir o substituto está marcada para acontecer nesta sexta-feira, às 14h.

Já na tribuna popular Jucélicio falou sobre as "Políticas públicas de cultura e promoção da igualdade racial". Além de elencar sobre os oito pontos de cultura conquistados em 2010, ele clamou por um Conselho Municipal da igualdade racial, espaço estratégico vinculado no gabinete do prefeito, garantia que no orçamento tenha espaço específico para a igualdade racial e por fim, um fórum municipal. Assuntos já debatidos na Conferência Municipal feita na cidade - relembre aqui


No final da sessão, o vereador Pedro Valdir apresentou a comenda de "Mérito Legislativo Padre Belchior de Pontes" entregue ao professor Celso Luiz Prudente, fundador e curador da Mostra Internacional do Cinema Negro. 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.