Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Comissão Especial da alça de saída do shopping Taboão volta a se reunir hoje

Por Sandra Pereira | 8/08/2013

alca

Sandra PereiraProjeto inicial do shopping Taboão previa alça de entrada e alça de saída do empreendimento, 11 anos após inauguração somente a de entrada foi construída

A Comissão Especial de Acompanhamento criada para apurar a não construção da alça de saída do Shopping Taboão com destino a Embu das Artes vai se reunir nesta quinta-feira, 8, a partir das 10 horas da manhã. Os vereadores vão analisar a primeira leva de documentos recebidos, entre os quais estão alvarás e as plantas aprovadas na prefeitura de Taboão da Serra, quando o shopping foi inaugurado há 11 anos.

“Nós temos o dever de dar uma resposta aos moradores de Taboão nesse assunto. Não vamos prevaricar como fizeram os vereadores no passado. No que depender de nós o shopping terá que construir a alça e as demais contrapartidas previstas nos projetos de expansão”, avisa o presidente da Comissão, vereador Marcos Paulo (PSB).

Ele  disse ter obtido informações ainda não oficiais sobre a celebração de um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) entre o ex-prefeito Evilásio Farias e a administração do shopping, por meio do qual a alça de saída do empreendimento seria “trocada” por uma passagem de nível cortando a Régis Bittencourt com destino a Embu das Artes.

O fato curioso relatado por Marcos Paulo é que a proposta teria sido fechada para ser apresentada à Agência Nacional de Transportes e Trânsito (ANTT), com a finalidade da construção ser negada. “Na prática isso é apenas uma medida protelatória.  Já que todos sabem que a ANTT não vai aprovar a passagem de nível. Mas, mesmo assim a administração ganha tempo e a cidade perde sem a construção da alça”, explica o presidente.

Ele disse que as informações sobre o TAC ainda são preliminares, mas adiantou que o objetivo da Casa e dos vereadores é esclarecer os fatos e revelou a disposição de buscar os meios necessários para anular esse acordo que prejudica a mobilidade no município. 

Na sessão desta terça-feira, 6, o presidente da Câmara Municipal, Eduardo Nóbrega, chegou admitiu a possibilidade de abertura de uma CPI contra o shopping Taboão. O presidente diz que a atual legislatura entrará na história da cidade como a que conseguiu o shopping. Anteriormente o vereador Cido aventou a possibilidade de cassação do alvará de funcionamento do local. Já Carlinhos do Leme disse que a nova expansão com a construção de mais mil vagas de estacionamento irá travar de vez o transito na da cidade.

“Essa alça é um direito da população. O shopping deve isso e nós não iremos medir esforços para cobrar”, declara Eduardo Nóbrega.

A comissão é presidida pelo vereadore Marcos Paulo. Tem a vereadora Érica Franquini na vice-presidência e Cido  como relator. Já o Professor Moreira, Ronaldo Onishi, Carlinhos do Leme e Eduardo Nóbrega estão participando como membros.


Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.