Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Onda de violência deixa moradores em estado de alerta e temerosos em Taboão

Por | 31/07/2013

olarias1

Google Street ViewEstrada foi palco de dois assaltos de sábado até a última terça (30)

A onda de violência que atinge o bairro Guaciara e região, em especial a estrada das Olarias têm deixado os moradores em estado de alerta e temerosos. De sábado até a última terça-feira (30), duas ocorrências cinematográficas aconteceram na via e foram divulgadas com exclusividade pelo Jornal na Net. Devido aos tiros disparados durante a ação dos criminosos nas duas ocasiões, o medo e a sensação de insegurança tornam-se cada dia mais presentes na vida desses moradores também de bairros que fazem adjacência à estrada.

Uma quadrilha de criminosos roubou R$ 140 mil enquanto caixas eletrônicos eram abastecidos no supermercado Ricoy por funcionários de um carro forte. O bando fugiu levando com eles armas dos funcionários – relembre aqui. Ontem à noite, uma vítima foi alvo de dois bandidos que roubaram seu New Fiesta, no farol em frente ao supermercado. Na fuga atropelaram um policial militar, bateram na base comunitária, perderam o controle do veículo e bateram em um poste. Um criminoso morreu e o outro foi detido. Com eles a PM apreendeu uma arma de pressão (Chumbinho) – veja matéria completa aqui.

São constantes as denúncias de assaltos em ruas de diversos bairros de Taboão da Serra. Os moradores também relatam a insegurança que sentem quando trafegam pelas ruas da cidade, não somente à noite ou pela manhã, mas sim durante todo o dia. Bolsas, celulares, tennis, bones e quantias em dinheiro são um dos objetos roubados pelos criminosos. E moradores afirmam que estão tentando andar com menos objetos possíveis. No domingo, dia 28 o Jornal reportou a dificuldade que muitos moradores que trafegam pelas ruas Vicente Pereira, Leoner Florinda Batutti e Teófilo Ottoni, nos bairros Parque Marabá e Jardim das Oliveiras enfrentam ao sair ou voltar para as casas – relembre aqui.

Depois da publicação dessa matéria outros casos de assaltos foram relatados. “Eu também fui assaltada na Vicente Pereira dia 17/07 as 06:30 da manhã. Por um monza de capô preto, com dois homens. Um deles veio com a porta aberta com o pé pra fora, como se fosse me jogar dentro do carro. Levou minha bolsa, blusa e celular. Já vi esse carro outros dias, mas ninguém faz nada”, afirmou Taiane de Paula.

Na semana passada meus pais (idosos) foram assaltados aqui no Pq. Marabá, na rua do campo, eles foram abordados por um motoqueiro que roubou as alianças deles, e isso aconteceu às 10 horas da manhã, ta uma vergonha nossa cidade, onde está a segurança? Todos os dias escuto que neste bairro os motoqueiros estão agindo sem temor algum”, relatou Andréa Medeiros.

Já Fabiana afirmou que no Parque Jacarandá também tem acontecido vários assaltos. “Uma vizinha foi assaltada às 6h30 quando ia fazer exames médicos. Foi um rapaz em uma moto. Outros assaltos pelo bairro têm acontecido com frequência. Comércios também sofrem rotineiramente. A insegurança é muito grande. Tentamos andar com o mínimo de objetos possível”, disse.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.