Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

MTST desocupa terreno, marcha por ruas e conhece projeto de moradias em Embu

Por | 28/07/2013

mtst

Karen SantiagoApós desocupação MTST marcha por ruas do Tereza até chegar ao ginásio do Valdelice

Cerca de mil e quatrocentos integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) desocuparam em ritmo de comemoração o acampamento Novo Pinheirinho na manhã deste domingo, dia 28 em Embu das Artes. O terreno que era ocupado por volta de um ano e meio pelo grupo, na rua Indianápolis, s/n, Parque Pirajuçara, ficou tomado por estacas de madeira, móveis e lonas. A área será destinada para construção de moradias populares e, ainda a instalação de um parque ecológico que irá contar com quadras, pista de skate, ginástica, entre outras atividades. Assim que saíram do terreno, os manifestantes tomaram as ruas em um novo ato. Munidos de faixas, cartazes e gritos de guerra, o grupo marchou pelo centro do Santa Tereza, avenida rotary e por fim, uma parte da avenida Aimará, onde se reuniram no Ginásio de Esportes e conheceram o projeto de moradias, apresentado pelo secretário de Desenvolvimento Urbano, Geraldo Juncal. Veja álbum aqui.

Antes de saírem do terreno, uma assembléia foi realizada. Palavras de ordem como “MTST a luta é pra valer”, “Criar, criar poder popular” e “O povo unido jamais será vencido” deram tom à união do grupo e, ainda representaram o momento de conquista dos integrantes. Os gritos ecoaram no terreno, nas ruas e no ginásio de esporte. Discursos inflamados do poder da mobilização, da união e da luta, após um ano e meio de ocupações, emocionaram diversas famílias e, além disso, resumiu o sonho de cada um pela conquista da casa própria. “Esse momento é a demonstração de que quando o povo se une, organiza, luta e vai pra rua, tem vitória. Acredito que essa é uma grande lição”, afirmou um dos coordenadores do movimento, Guilherme Boulos.

Enquanto aguardam a construção das moradias, 566 famílias ao todo receberão auxílio aluguel, no valor de R$ 400. A maioria delas, já conseguiu alugar casas, no próprio bairro. Outras 834 têm condições de pagar uma moradia do seu próprio bolso e não receberam o auxílio. De acordo com Boulos, 1.400 famílias estavam acampadas no terreno. Um pouco antes de chegarem ao ginásio de esportes do Valdelice, fogos entoavam a alegria da conquista, o mesmo clima contagiou os secretários de Governo, Paulo Giannini e Desenvolvimento Urbano, Juncal, o vereador e presidente da Câmara, Doda (PT), além de Lazarini, assessor da presidência do CDHU que esperavam o grupo no interior do ginásio.

Com a arquibancada tomada pelos manifestantes os presentes seguiram a linha de diversos discursos que expressavam o incentivo à luta, a importância da conquista, o apoio a novas lutas e ao movimento, e, além disso, Gianni defendeu as reformas que o movimento tanto pede: tributária, política e econômica. “Com essa atitude hoje de vocês, só reforça isso. Porque é só através da luta que se consegue o avanço”, afirmou. Doda ressaltou o exemplo de cidadania do movimento, em encontros na Câmara e prefeitura. Já, Lazarini lembrou que o movimento está cumprindo com a palavra de desocupação e afirmou: “sinto orgulho de ter participado desse sonho desde o começo”, disse.

Na ocasião Juncal apresentou o projeto do parque ecológico, de uma escola e creche, além de parte da preservação ambiental (espécies de árvores e bichos) no terreno e ainda três estudos de apartamentos, um deles com elevador. O primeiro estudo sugere a construção de 1.120 unidades de apartamentos, de 2 a 3 quartos, já o segundo 1.180, bem parecido ao projeto do Jardim Salete, em Taboão, o terceiro com elevador 1.952 e sem 1.192. Os estudos serão avaliados junto aos integrantes do movimento. Assim, como o protocolo de intenções das construções, que deve ser assinado na próxima semana.

13/12/2017

Taboão da Serra celebra Dia Internacional da Pessoa com Deficiência

O Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (CMPD), ligado à Secretaria de Assistência Social...

11/12/2017

Idosa de 76 anos desapareceu neste domingo em Taboão da Serra

Dona Ana Maria Barbosa, 76 anos,desapareceu quando estava indo para casa onde mora com a irmã e...

10/12/2017

Multidão lota Ginásio Ayrton Senna para acompanhar o Natal Nota 10

Mais uma vez uma multidão de pais e familiares de alunos compareceu ao Ginásio de Esportes...

08/12/2017

Jorge Costa inaugura Unidade de Saúde da Família no Jardim Montezano

O prefeito de Itapecerica da Serra, Jorge Costa, inaugurou na manhã dessa quinta-feira (30) a...

05/12/2017

Justiça autoriza prefeitura de Embu a voltar a cobrar taxa do lixo

Suspensa após liminar a taxa de lixo da cidade de Embu das Artes, volta a ser cobrada. A decisão...

04/12/2017

Aprovado Voto de Louvor à caminhada histórica pelo fim da violência à mulher

A Câmara Municipal de Itapecerica da Serra aprovou por unanimidade na sessão do dia 28,...

03/12/2017

Adolescente que pilotava moto e bateu em ônibus será sepultado na Saudade

O adolescente de 14 anos, conhecido como Tete, que morreu depois de bater na lateral esquerda de...

02/12/2017

Montagem da super estrutura do Embu Summer Fest começou

Texto e fotos: Assessoria de Imprensa do evento

Nesta semana, a A Luz Eventos deu início a...

01/12/2017

Família pede liberdade do carteiro de Embu preso em audiência onde testemunhava

Funcionário dos Correios de Embu das Artes há mais de 20 anos o carteiro Denivaldo Jesus de...

13/12/2017

Ney Santos reajusta bolsa da Frente de Trabalho de R$ 350 para R$ 1.000,00

A partir de janeiro de 2018 os integrantes da Frente de Trabalho de Embu das Artes vão receber...

13/12/2017

Alckmin libera R$ 923 mil a Itapecerica para ações de segurança no trânsito

Em cerimônia no Palácio dos Bandeirantes, o governador Geraldo Alckmin autorizou 36 municípios a...

13/12/2017

Estatuto da GCM foi apresentado e discutido na Câmara e votação foi marcada

O Plano de Cargo e Carreira da Guarda Civil Municipal de Taboão da Serra foi apresentado e...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.