Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

MTST desocupa terreno, marcha por ruas e conhece projeto de moradias em Embu

Por | 28/07/2013

mtst

Karen SantiagoApós desocupação MTST marcha por ruas do Tereza até chegar ao ginásio do Valdelice

Cerca de mil e quatrocentos integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) desocuparam em ritmo de comemoração o acampamento Novo Pinheirinho na manhã deste domingo, dia 28 em Embu das Artes. O terreno que era ocupado por volta de um ano e meio pelo grupo, na rua Indianápolis, s/n, Parque Pirajuçara, ficou tomado por estacas de madeira, móveis e lonas. A área será destinada para construção de moradias populares e, ainda a instalação de um parque ecológico que irá contar com quadras, pista de skate, ginástica, entre outras atividades. Assim que saíram do terreno, os manifestantes tomaram as ruas em um novo ato. Munidos de faixas, cartazes e gritos de guerra, o grupo marchou pelo centro do Santa Tereza, avenida rotary e por fim, uma parte da avenida Aimará, onde se reuniram no Ginásio de Esportes e conheceram o projeto de moradias, apresentado pelo secretário de Desenvolvimento Urbano, Geraldo Juncal. Veja álbum aqui.

Antes de saírem do terreno, uma assembléia foi realizada. Palavras de ordem como “MTST a luta é pra valer”, “Criar, criar poder popular” e “O povo unido jamais será vencido” deram tom à união do grupo e, ainda representaram o momento de conquista dos integrantes. Os gritos ecoaram no terreno, nas ruas e no ginásio de esporte. Discursos inflamados do poder da mobilização, da união e da luta, após um ano e meio de ocupações, emocionaram diversas famílias e, além disso, resumiu o sonho de cada um pela conquista da casa própria. “Esse momento é a demonstração de que quando o povo se une, organiza, luta e vai pra rua, tem vitória. Acredito que essa é uma grande lição”, afirmou um dos coordenadores do movimento, Guilherme Boulos.

Enquanto aguardam a construção das moradias, 566 famílias ao todo receberão auxílio aluguel, no valor de R$ 400. A maioria delas, já conseguiu alugar casas, no próprio bairro. Outras 834 têm condições de pagar uma moradia do seu próprio bolso e não receberam o auxílio. De acordo com Boulos, 1.400 famílias estavam acampadas no terreno. Um pouco antes de chegarem ao ginásio de esportes do Valdelice, fogos entoavam a alegria da conquista, o mesmo clima contagiou os secretários de Governo, Paulo Giannini e Desenvolvimento Urbano, Juncal, o vereador e presidente da Câmara, Doda (PT), além de Lazarini, assessor da presidência do CDHU que esperavam o grupo no interior do ginásio.

Com a arquibancada tomada pelos manifestantes os presentes seguiram a linha de diversos discursos que expressavam o incentivo à luta, a importância da conquista, o apoio a novas lutas e ao movimento, e, além disso, Gianni defendeu as reformas que o movimento tanto pede: tributária, política e econômica. “Com essa atitude hoje de vocês, só reforça isso. Porque é só através da luta que se consegue o avanço”, afirmou. Doda ressaltou o exemplo de cidadania do movimento, em encontros na Câmara e prefeitura. Já, Lazarini lembrou que o movimento está cumprindo com a palavra de desocupação e afirmou: “sinto orgulho de ter participado desse sonho desde o começo”, disse.

Na ocasião Juncal apresentou o projeto do parque ecológico, de uma escola e creche, além de parte da preservação ambiental (espécies de árvores e bichos) no terreno e ainda três estudos de apartamentos, um deles com elevador. O primeiro estudo sugere a construção de 1.120 unidades de apartamentos, de 2 a 3 quartos, já o segundo 1.180, bem parecido ao projeto do Jardim Salete, em Taboão, o terceiro com elevador 1.952 e sem 1.192. Os estudos serão avaliados junto aos integrantes do movimento. Assim, como o protocolo de intenções das construções, que deve ser assinado na próxima semana.

19/04/2018

Moradores comemoram reforma de Praça em Taboão da Serra

Os moradores do Jardim Beatriz, em Taboão da Serra, estão comemorando a reforma e instalação de...

18/04/2018

Fórum São Paulo premiou Promotores do Desenvolvimento eleitos em votação direta

Com a presença de várias autoridades e homenageados, o Fórum São Paulo e o Grupo Organizado de...

12/04/2018

Adolescente de Taboão está desaparecido e família pede ajuda para encontrá-lo

O estudante Luiz Gustavo de Oliveira Vieira, de 14 anos, está desaparecido desde a segunda-feira...

12/04/2018

Moradores reclamam de barulho e música alta em bairro de Taboão

Há cerca de um ano, os moradores do bairro Jacarandá, em Taboão da Serra, vem sofrendo com o...

05/04/2018

Governo de São Paulo vai contratar 800 escrivães e 600 investigadores

As inscrições para o concurso que vai selecionar 800 escrivães e 600 investigadores começam às...

05/04/2018

OAB Taboão lança 3ª edição de revista impressa nesta quinta (5)

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Subseção Taboão da Serra, lança nesta quinta-feira (05) a...

04/04/2018

Concurso do TRT da 2ª Região vai oferecer vagas em Taboão, Embu e Itapecerica

O Tribunal Regional da 2ª Região, São Paulo, vai abrir novo concurso público autorizado para o...

04/04/2018

Procon de Itapecerica da Serra divulga os números do Mês do Consumidor

O Procon de Itapecerica da Serra informa que efetuou 3751 atendimentos durante as ações...

31/03/2018

Embu lidera ranking de estupros e Taboão sai na frente nos casos de roubo

Dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP) mostram que a cidade...

25/03/2018

 Moradores de Itapecerica pedem justiça para adolescente de 14 anos assassinada

Em clima de absoluta comoção familiares, amigos,vizinhos e colegas de escola da adolescente de...

21/04/2018

Febre amarela continua se expandindo pelo país

Embora os casos confirmados de febre amarela tenham diminuído no Brasil nas últimas três...

21/04/2018

Candidatos desempregados aceitariam ganhar menos que no emprego anterior

Pesquisa divulgada pela Robert Half, empresa de recrutamento e seleção, mostra que 70% dos...

21/04/2018

Governo diz que terá de adiar reajuste de servidor para fechar contas em 2019

Para tentar impedir a paralisação da máquina administrativa e dos investimentos públicos no ano...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.