Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Educação

Prefeitura de Embu das Artes investe em crianças e adolescentes

Por Prefeitura da Estância Turística de Embu das Artes | 15/07/2013

edu

Divulgação A Roda de Conversa é um projeto de treinamento e conscientização de profissionais, das famílias e do público em geral na defesa dos direitos dos menores

“Temos 23 anos de ECA e a criança, como sujeito de direito, continua sendo mandada de um abrigo para outro.” Foi assim que Ana Cristina Silva, da Organização não Governamental (OnG) Rede Criança de Combate à Violência Doméstica, iniciou, em 28/6, a IV Roda de Conversa, com o tema Todos Contra o Trabalho Infantil, o Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. O encontro contou com a participação de cerca de 100 profissionais das secretarias de Assistência Social, Trabalho e Qualificação Profissional, Educação e Saúde.


A Roda de Conversa é um projeto de treinamento e conscientização de profissionais, das famílias e do público em geral na defesa dos direitos dos menores. Essa violência está concentrada especialmente no abuso sexual, visto que a cada 8 minutos uma criança é violada no País, de acordo com pesquisa Unicef. A maioria ocorre dentro de casa. O trabalho infantil é outro erro cometidos por adultos que ignoram que criança tem de brincar para se desenvolver.

A conferencista fez ampla abordagem do assunto e emitiu conceitos, como: “A gente fala que criança é futuro, mas a criança é hoje; a ECA fala de alguns direitos que muitas vezes a gente não garante”. Segundo Ana Cristina, pesquisa feita recentemente indicou que a criança, vítima de violência, fica muito estressada ao passar pelos setores de atendimento, tendo de contar diversas vezes a sua história de abuso.

Por adultos mais seguros

“Ela chega pelo abuso, por tudo o que passou a cada lugar, tendo de repetir a história, sendo que o trauma é tão grande que faz de conta que nada aconteceu, não confia em ninguém.” Tudo isso leva a uma grande dor, segundo a especialista. “Por isso há tantos adultos sem confiança um no outro, sem relacionamento, pelo que viveram lá atrás”.


Crianças mais felizes e adultos saudáveis dependem assim do trabalho de todos, principalmente dos profissionais envolvidos. “Devemos tratar o ser humano como sujeito, não uma coisa. Só respeito a criança e o adolescente se respeito e trato bem meu colega, todas as pessoas”.


A especialista chama atenção para expressões que reforçam maus tratos, como acreditar que “roupa suja se lava em casa”, “não se meta, o filho é meu e faço com ele o que eu quero”. Na verdade, se ocorre de um adulto na família abusar de uma criança é preciso denunciá-lo e ninguém é “dono” do (a) filho (a). Desde 1985 trabalhando com crianças e adolescentes, Ana Cristina respondeu a várias perguntas dos participantes sobre relações com a criança, as famílias, melhor aproveitamento de serviços e atitudes corretas. Para ela, a recuperação de crianças e adolescentes é possível: “As pessoas mudam, sim”.


Além da Roda, promovida pelo Governo de Embu das Artes, por meio da Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Qualificação Profissional, há outras ações de conscientização, por meio de comunicado às famílias e folheteria, faixas e cartazes distribuídos nas instituições assistenciais da cidade. A proposta é que todos aprendam a lidar com os menores, com base no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que regulamenta direitos com base na Constituição de 1988, pela Lei nº 8.069/1990. A IV Roda de Conversa, foi finalizada com Sarau do Centro de Referência da  Juventude (CRJ).

Elke Lopes Muniz

19/11/2017

Diretor da Khan Academy na América Latina visita escolas de Taboão

Duas escola da Prefeitura de Taboão da Serra receberam na terça-feira, 7 de novembro, a visita...

14/11/2017

Em alta, cozinha do mar tem curso de formação profissional no Senac

No Brasil, os mais de 7 mil quilômetros de extensão da costa litorânea fazem da cozinha do mar...

13/11/2017

Gabarito oficial do Enem 2017 será divulgado na quinta-feira

O gabarito oficial do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será divulgado na próxima...

09/11/2017

Alunos do Senac Taboão criam canal no YouTube para compartilhar aprendizado

Como parte do processo de ensino-aprendizagem adotado pelos docentes da instituição, os alunos...

07/11/2017

Professora de Embu é uma das vencedoras Prêmio Educador Nota 10

A noite de segunda-feira, dia 30, foi de celebrar a Educação. Em uma Sala São Paulo bem cheia, o...

03/11/2017

Inep recorre ao STF contra decisão que impede regra de direitos humanos no Enem

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), por meio da...

03/11/2017

Novembro Azul: OncoRede da ANS tem programas de atenção a pacientes com câncer

Novembro é mês de reforçar as orientações sobre a prevenção do câncer de próstata, missão que...

01/11/2017

Alunos da rede pública de Taboão participam de concurso de soletração de inglês

O concurso de soletração em inglês Spelling Bee Contest já mobiliza estudantes de toda a rede...

01/11/2017

Fatec divulga prazo para pedir isenção total ou parcial da taxa do vestibular

Os pedidos para isenção total ou de desconto de 50% na taxa de inscrição para o vestibular do...

21/11/2017

Taboão terá caminhada pela paz e contra violência às mulheres dia 25 de novembro

O lançamento de uma ampla mobilização para uma caminhada histórica pelo fim da violência contra...

21/11/2017

Nova fase da Lava Jato investiga corrupção na Transpetro; alvo é um ex-gerente

A Polícia Federal (PF) cumpre hoje (21) oito mandados de busca e apreensão, cinco de condução...

21/11/2017

Presídios terão banco de dados sobre situação de detentos

Um sistema desenvolvido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) vai reunir as informações...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.