Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

GCM de Itapecerica já tem novo comando desde esta quinta

Por | 4/07/2013

gcm3

Arquivo Jornal na NetCorporação tem novo comando desde esta quinta (4)

A Guarda Civil Municipal de Itapecerica da Serra tem um novo comandante desde a última quinta-feira (4 de julho). Fábio Pinto deixou de ser subcomandante e agora assume a corporação. O subcomandante da guarda passa a ser o GCM Ramos. A escolha foi aceita pelos guardas e muito comemorada na rede social Facebook. Na última sexta-feira, o Jornal na Net já havia notado a satisfação que os guardas trabalhavam e a união de Fábio com os demais comandados.

Fábio disse estar comprometido com a corporação, município, administração Chuvisco e secretaria de Segurança, a comando de Sérgio Doi. “Quero somar com os guardas, garantindo a motivação pessoal deles, além de buscar recursos e estruturar a corporação, além disso, trabalhar em prol do munícipe, sem atender interesses pessoais”, afirmou.

A expectativa é que todas as viaturas alugadas da corporação sejam substituídas gradativamente. A Guarda recebeu nesta semana dois Pálios Weekends de patrimônio da prefeitura e com placas da cidade. As motocicletas da corporação também são de patrimônio da cidade. A corporação deve receber entre quatro a cinco viaturas para compor a frota.

Os guardas acabaram cruzando os braços na manhã de segunda-feira, dia 24 de junho pedindo a saída do ex-comandante Marques da corporação. Na parte da tarde, o prefeito Amarildo Gonçalves, o Chuvisco foi até a base da GCM anunciar o afastamento temporário de Marques atendendo a uma das principais reivindicações dos guardas.  Naquele mesmo dia, eles retornaram ao trabalho normalmente.

Em relação ao aluguel da base, que vence daqui a três meses, o prefeito afirmou que não irá renovar, uma vez que pretende diminuir os alugueis, apesar disso, o Jornal apurou que o contrato pode ser renovado em mais um ano.

As duas ideias principais dele, até a construção de uma base própria é alocar a corporação para o Delfim Verde, após reforma, ou para o Almoxarifado. Já em relação ao curso de tiros e exames psicológicos, Chuvisco disse que dentro de 30 dias a situação estará normalizada. 


Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.