Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Peruas de Itapecerica não trabalham após às 22h, afirmam passageiros

Por | 3/07/2013

falta

Karen SantiagoPassageiros precisam andar sem luz em determinadas ruas, essa é na avenida Eduardo Roberto Daher (próxima a prefeitura)

A dificuldade enfrentada todos os dias pelos moradores de diversos bairros de Itapecerica da Serra não contemplados com transporte alternativo após às 22h, têm sido uma das principais reivindicações durante os protestos já realizados na cidade (relembre todos aqui, aqui e aqui). Eles enfrentam o perigo de caminharem sozinhos pelas ruas do Santa Mônica, Santa Júlia, Valo Velho entre outros, a fim de chegarem em casa. Relatos dos moradores do Jardim Sampaio apontam que eles sofrem sem o transporte a partir das 18h, essa é a situação de outros bairros também, como Embu-Mirim.

Muitos desses moradores optam por sair mais cedo do trabalho, escola ou faculdade para evitarem ações dos criminosos. Em muitas dessas ruas e estradas é propício o esconderijo de “maus intencionados”, uma vez que contam com mato alto dos dois lados das vias, que na maioria das vezes não contam com iluminação pública. Como é o caso da avenida da prefeitura municipal, Eduardo Roberto Daher. Nem mesmo a praça inaugurada há pouco tempo, é iluminada.

“No Santa Mônica não tem perua e ônibus após às 21h15. Se passar mal morremos em casa. Meu pai precisa me buscar no ponto para que eu não suba sozinha. Enfermeiras sobem e descem a pé, todos os dias após esse horário e correm muito perigo”, disse uma das jovens durante manifestação na Câmara Municipal – relembre aqui.

Em resposta ao Jornal na Net, a AES Eletropaulo informa que no dia 2 de julho realizou reparos em iluminação na rua Eduardo Roberto Daher. No mesmo dia, foi realizada ronda nos bairros solicitados - Santa Monica, Jacira e Santa Julia - para identificar pontos desligados e agendar reparo. 

Em relação aos horários que o transporte alternativo costuma parar de transportar os passageiros, a partir das 20h30, Wesley disse que o prefeito afirmou que existe uma Lei aprovada esse ano pela Câmara que oficializa as peruas da cidade. Agora o subsídio desse transporte ao passe livre, Chuvisco teria frisado que não tem verba e que o máximo que poderia fazer é fiscalizar melhor. Veja matéria completa aqui.

Foto divulgação ônibusbrasil

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.