Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Vereadores aprovam comissão para cobrar construção de alça de saída do Shopping Taboão

Por Sandra Pereira | 12/06/2013

hoje450

Sandra PereiraComissão será presidida por Marcos Paulo, Cido será o relator e Moreira, Érica e Eduardo Paz e Vida serão membros

 Os vereadores de Taboão da Serra criaram nesta terça-feira 11, a Comissão Especial destinada a apurar a não construção da alça de saída do shopping Taboão com destino a Embu das Artes, prevista no projeto inicial aprovado pela prefeitura. Eles disseram que vão fazer valer os poderes da comissão para exigir a construção e melhorar a mobilidade urbana.

O vereador Marcos Paulo lembrou a proposta do vereador Cido de fechar o shopping até que a alça seja construída e revelou que a Casa tem o apoio do Executivo no enfrentamento ao shopping. Eles querem que a direção do local estabeleça prazos para entrega da obra e não descartam convocar a diretoria para prestar esclarecimentos.

 A comissão vai ser presidida pelo vereador Marcos Paulo e o relator será o vereador Cido. A vereadora Érica da Enfermagem é a vice-presidente da Comissão.  O vereador Moreira passou a integrar a comissão após o vereador Luiz Lune ceder o espaço. Também faz parte da comissão o vereador Eduardo Paz e Vida . O vereador Carlinhos do Leme, presidente da Comissão de Transportes também vai acompanhar e contribuir com os trabalhos. O mesmo vai acontecer com Ronaldo Onishi.  Ambos integram a comissão tendo direito a voz, mas sem poder votar.

 “Não queremos esperar os prazos burocráticos. Vamos começar a trabalhar imediatamente. Meu desejo é que seja feito um Termo de Ajuste de Conduta  (TAC) no Ministério Público. Por que o shopping já mentiu antes e não queremos que isso se repita”,  disparou.

 Ronaldo Onishi lembrou que propôs a criação da comissão de acompanhamento por entender que a Casa precisa dar uma resposta a população sobre o tema. Ele disse ter informações de que o estabelecimento vai ampliar o estacionamento, implantar mais 250 lojas e já se fala até mesmo em aumento da taxa de estacionamento para R$ 7.

 “Não estamos fazendo caça as bruxas. Mas é preciso apurar essas questões. Se for preciso abriremos CPI, como já foi dito aqui. Essa é uma questão de responsabilidade nossa”, disse.


Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.