Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Agressão à criança em escola de Taboão pode ter sido um pretexto da mãe, diz avó

Por | 11/06/2013

escola450

Google Street ViewCriança já teria mancha no pescoço afirma avó

A possível agressão de uma professora da escola municipal Mingau em Taboão da Serra a uma criança de apenas quatro anos pode ter sido utilizada pela mãe dela como um “pretexto” como forma de conseguir a guarda de sua filha de volta. A afirmação foi feita pela avó da criança no caderno escolar, onde diariamente troca mensagens com a professora, nesta terça-feira (11). É ela quem obtém a guarda de cuidar da criança, todos os dias da semana. A escola está localizada na Avenida Dr José Maciel.

O “pretexto” exime a culpa da professora, já que a assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal informou com exclusividade ao Jornal na Net que a agressão não aconteceu. Outras mensagens da avó da criança no caderno escolar também apontam à inocência da professora, uma vez que ela explica que a criança já tem essa mancha e quando ataca a bronquite e a pequena fica nervosa, a mancha fica mais evidente.  

A mãe da criança registrou um Boletim de Ocorrência contra a professora na última sexta-feira (7). Ela ficou sabendo da possível agressão por meio de sua irmã, que ao dar banho na pequena percebeu que ela estava com algumas marcas roxas no pescoço. Teria sido a menina quem contou que a professora apertou o seu pescoço. O apertão foi feito por trás dela e depois justificado como um engano, por se tratar de achar que era uma outra menina. A professora teria pedido à menina que não contasse o ocorrido a sua mãe.

A polícia civil investiga o caso.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.