Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Faculdade promove palestra de Prevenção do Câncer de Mama no Taboão

Por | 6/05/2010

palestrante_cancer.jpg

A palestrante Vilma palestrou sobre o tema Câncer de mama na Faculdade Anhanguera

A prevenção do Câncer de Mama foi o tema central da palestra realizada nesta quinta-feira, 6, na Faculdade Anhanguera de Taboão da Serra, às 19h30. A palestrante Vilma Melo Linares, mestre, professora e especialista em enfermagem obstétrica falou aos participantes sobre as formas de prevenção riscos e características da doença.

Vilma Melo Linares é professora do curso de Enfermagem na Faculdade Anhanguera. Enfermeira, mestre em Obstetrícia pela Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (USP) e especialista em enfermagem obstétrica e Enfermagem em Saúde Pública pela  Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).

O evento contou com uma recepção calorosa de violinistas, que encantaram os alunos e mães que foram ao local para assistir a palestra e, além disso, todas as mulheres que passavam no local (em frente a faculdade) receberam botões de rosas.

A palestra dirigida ao público leigo, segundo a palestrante apresentou o que é o câncer de mama, quais são os fatores de risco (baixo, médio ou elevado), quais são os tratamentos, qual é a melhor maneira de saber se têm ou não algum sintoma e como fazer a prevenção.

Vilma aconselha mulheres com 40 a 49 anos e acima de 50 anos a sempre fazerem o auto-exame (em casa mesmo) uma vez por mês e se apresentar alteração nas mamas tem que procurar um médico para fazer exames clínicos. “O auto-exame, você precisa ficar em frente ao espelho, colocar uma mão nas costas (passando pela cabeça) e a outra passando nas mamas, se aparecer algo anormal, vá ao médico para ele comprovar se o paciente está ou não com a doença”, ressaltou.

Vilma contou a Reportagem do Jornal na Net que a cada 100 mil mulheres, 51 têm Câncer de Mama.

Saiba mais sobre a doença:

O Câncer de Mama é o Câncer do tecido da Mama, mundialmente é mais comum em mulheres. Uma vez que o peito é composto por tecido idênticos em homens e mulheres, sendo assim ele também ocorre em homens, embora estes casos sejam menos de 1% do total de diagnósticos.

Assim como qualquer tipo de Câncer, o de Mama pode se espalhar para outras partes do corpo, ocorrendo a chamada metástase. “Por esta razão é muito importante detecta-lo o quanto antes, principalmente nos estágios iniciais, aumentando dessa maneira, as chances de tratamento não agressivo e de cura”, afirmou a palestrante.

“O Câncer, assim como outras doenças, não dói. Por esta razão é importante que se faça o auto-exame de mama”, salientou Vilma.

O Câncer de Mama pode apresentar diversos sintomas tais como: aparecimento de nódulo ou endurecimento da mama ou embaixo do braço; mudanças no tamanho ou no formato da mama; alteração na coloração ou sensibilidade da pele da mama ou da aréola; secreção contínua por um dos ductos; retração da pele da mama ou mamilo e inchaço significativo ou distorção da pele e ou mucosas.

Confira a entrega de botões de rosa:

entrega_flor.jpg

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.