Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Saúde presta contas e propõe melhorias em Taboão da Serra

Por | 6/06/2013

saude1_1

Karen SantiagoVereadores participam da sessão e questionam secretária

A falta de médicos, medicamentos como insulina, dificuldade para contratar especialistas e ainda as melhorias do Pronto Socorro Antena, em quesito limpeza, tempo de espera que passou de horas a quarenta minutos e a lista padronizada de medicamentos com 133 novos remédios foram alguns dos temas discutidos na Audiência Pública realizada pela Secretária de Saúde, na manhã desta quinta-feira (6) na Câmara Municipal de Taboão da Serra.

Na ocasião vereadores e moradores da cidade cobraram melhorias no atendimento do Samu, na distribuição dos remédios, necessidade de farmacêuticos nos Postos de Saúde e uma atenção maior aos usuários de droga, moradores da periferia, idosos e crianças. A demora encontrada para marcar consultas e a não utilização do raio x, do Pronto Socorro Infantil também foram alvo de questionamentos.

O vereador Marcos Paulo questionou sobre visita ao Samu que funcionários estavam dormindo e ainda da demora na chegada da ambulância, a secretaria, Raquel Zaicaner foi franca em afirmar que ela sabe que os funcionários do Samu dormem, “uns descansam outros dormem. Não tem sentido um ficar olhando para a cara do outro se não tem ocorrência. Agora em um chamado todos vão. Cobro tempo / chamada”, argumentou. 

De acordo com ela, em relação à demora no atendimento, uma lista será checada. Agora, em relação ao Raio X, ela frisou que o aparelho não está quebrado, só não funciona. “Outro equipamento está sendo licitado. Esse que parou de funcionar era emprestado”. Ela pontuou ainda que duas viaturas foram disponibilizadas no PS Infantil para transportar as crianças aos Pronto Socorros do Akira e Antena.

O vereador Moreira por sua vez levantou a dificuldade dos pacientes conseguirem um leito de internação no Hospital Geral do Pirajuçara. “O HGP insiste em negar vagas”, afirmou. Raquel afirmou que o hospital não tem resistência de receber pacientes, o problema é a falta de leitos no Estado todo de São Paulo. “O número de leitos é inexistente”. O petista também afirmou que a demora no atendimento do Samu é grande e contou que uma mulher idosa aguardou muitas horas para receber atendimento. “Depois que interferimos o atendimento foi mais rápido”, frisou.

Antes de todas as perguntas, a secretaria apresentou um balanço destes cinco primeiros meses à frente da pasta. De acordo com ela 46 mil atendimentos de saúde foram realizados na rede básica, realizados nas Unidades Básicas de Saúde, outros 138 mil de urgência, nos Prontos Socorros. Ela pontuou que será um longo trabalho para que a atenção básica seja a entrada, ou seja, “que a UBS sejam mais procuradas e atendam todas as demandas possíveis, não os Prontos Socorros”. 

Raquel também abordou em relação à reforma do Pronto Socorro do Antena, que de acordo com ela, deve começar no mês que vem. A empresa responsável pela obra já foi contratada e agora só falta a liberação do empenho. O Antena irá continuar os atendimentos, mesmo com as obras que devem durar de oito a dez meses. No local serão implantados sete leitos de Unidade de Terapia Intensiva e Clínica Médica. A meta é mudar o conceito do Antena, transformando a unidade num hospital de pequeno porte. A maternidade também vai passar por mudanças e ganhar uma entrada individual.  Um corredor sem utilização será transformado numa área para os funcionários lotados no Antena.

A secretaria salientou também a construção de mais duas unidades básicas de saúde, a do Jardim Marabá vai para o bairro Jardim das Oliveiras que atenderá os moradores do Helena, Marabá e Henriqueta. O projeto da UBS é funcional e conta com acessibilidade, iluminação natural e humanização. As especialidades serão atendidas no Akira. O Jardim Record também será contemplado com uma unidade de saúde com pista de caminhada e centro de convivência da saúde.

Já o bairro do Parque Pinheiros não contará mais com o Centro Odontológico que ganhará novo prédio com resinas, descritivo dos dentes e até um laboratório de próteses. No local, será uma Unidade Básica de Saúde. A UPA será reestruturada, já a unidade mista de Taboão, de acordo com ela será reformada a previsão é que seja gasto R$ 960 mil, um milhão de contrapartida do município. 

22/02/2018

País registra 164 mortes por febre amarela desde julho

Entre 1º julho de 2017 e 20 de fevereiro deste ano, foram confirmados 545 casos de febre amarela...

21/02/2018

Prefeitura de Embu intensifica vacinação contra a febre amarela neste sábado

Com o objetivo de atingir a meta de 100% de vacinação da população contra a Febre Amarela, todas...

18/02/2018

Campanha de vacinação contra a febre amarela é prorrogada na capital paulista

A Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo informou hoje (18) que vai prorrogar por mais uma...

15/02/2018

Leis Antifumo e Antiálcool têm novos canais para denúncias

A Lei Antifumo proíbe o consumo de cigarros, ou de qualquer outro produto fumígeno, em locais...

15/02/2018

Campanha contra febre amarela imunizou apenas 19 por cento do público esperado

A campanha contra a febre amarela nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo resultou, até agora,...

15/02/2018

Câncer: mais de 300 mil crianças e adolescentes são diagnosticados todos os anos

No Dia Internacional de Luta Contra o Câncer na Infância, lembrado hoje (15), a Childhood Cancer...

12/02/2018

Clínica São Bento realiza exame Toxicológico para CLT e Habilitação

Melhor e mais conceituada clínica da região a Clínica São Bento, localizada em Embu das Artes...

02/02/2018

Conheça cinco motivos para doar sangue e salvar vidas

Você sabia que o sangue é responsável por transportar importantes substâncias para o...

25/01/2018

Produção de vacina contra febre amarela deve dobrar no país

A partir de junho deste ano, 4 milhões de doses mensais da vacina contra a febre amarela devem...

25/01/2018

Paulistanos recebem senha em casa para se vacinar contra febre amarela

A campanha de vacinação contra a febre amarela, com a aplicação da dose fracionada, começou hoje...

23/02/2018

Cadastro biométrico em Embu, Itapecerica e Taboão se encerra em maio

Adotada pela

23/02/2018

Criação de ministério de segurança pública "não é sangria desatada", diz Marun

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, demonstrou não haver urgência do governo na a...

23/02/2018

Mulher é covardemente estuprada e espancada em Embu das Artes

Mais um crime b&aa

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.