Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Educação

Taboão da Serra realiza Programa Saúde na Escola

Por Prefeitura Municipal de Taboão da Serra | 4/06/2013

saude1

Vera SampaioPalestra sobre o Programa Saúde na Escola foi feita durante café temático com diretores das Escolas Municipais

As Secretarias de Saúde e de Educação, Ciência e Tecnologia da Prefeitura de Taboão da Serra estão realizando o Programa Saúde na Escola (PSE), projeto do Governo Federal cujo intuito é realizar e ampliar ações específicas de saúde para os alunos da rede pública. O programa foi apresentado aos diretores das escolas municipais durante reunião realizada na ultima quinta-feira, 23 de maio.

As ações do PSE são divididas em cinco etapas, as quais vão desde avaliações do estado de saúde bucal, triagem para identificação de problemas visuais e auditivos, passando por verificação da carteira de vacinação e sinais de possíveis negligências de saúde, a até avaliações clínicas e psicossociais, que incluem conferir pesagem, estatura, pressão arterial. Ao passo que a Secretaria de Saúde verificará e coletará estes dados, a Secretaria de Educação desenvolverá com os alunos ações de promoção da saúde, prevenção de doenças como a obesidade e hipertensão arterial infantil. 

Em uma pesquisa recente, realizada com três mil crianças pela Escola Paulista de Medicina (EPM) foi constatado que 10% dos participantes com mais de sete anos estavam com a pressão alta. “Antigamente as crianças eram hipertensas por algum problema renal, hoje é devido ao consumo de alimentos com excesso de sódio, como salgadinhos. Com o programa pretendemos promover mudança de vida e de hábitos alimentares” – explica Dra. Raquel Zaicaner, secretária de Saúde.

Inicialmente o trabalho de monitoramento e avaliação será desenvolvido em 22 escolas públicas entre municipais e estaduais. As instituições foram selecionadas pelo INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), com base no Censo Escolar 2012. Ao final da pesquisa, os dados serão repassados ao Governo Federal através de sistema. Porém a secretária de Saúde enfatiza que a Prefeitura não quer simplesmente fazer diagnósticos e preencher papeladas para Ministérios. “Queremos achar soluções para melhoria de vida da população, em especial das nossas crianças. Por tanto, as escolas que não foram selecionadas podem entrar em contato conosco para que também façamos o acompanhamento delas” – afirma.

Por Vera Sampaio

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.